Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/09/2004 07:42

Começou a vigorar embargo russo à carne brasileira

Bianca Estrella/ABr

Começou a vigorar ontem (20) o embargo da Rússia à carne brasileira. O decreto do governo russo foi editado na última sexta-feira e vale para importações de animais vivos e produtos de origem animal do Brasil que não passaram por tratamento térmico. Segundo o secretário executivo do Ministério da Agricultura, José Amauri Dimarzio, com o início do embargo, a perda diária estimada dos exportadores brasileiros é de US$ 4 milhões.

O embargo foi determinado por causa de um foco de febre aftosa registrado no estado do Amazonas. A região não tem autorização para exportar carne, porque não faz parte da área livre de aftosa e é considerada de alto risco para casos da doença. De acordo com o Ministério da Agricultura, essas informações foram transmitidas aos países que importam carne do Brasil.

As vendas de carnes para a Rússia representam cerca de 18% do total exportado. De janeiro a agosto, o país exportou US$ 550 milhões para o mercado russo. Antes do embargo, a expectativa do setor (aves, suínos e bovinos) era obter em 2004 um crescimento de 7% no volume vendido, ou seja, 640 mil toneladas. Isso representaria US$ 800 milhões, um crescimento de 27,5% na comparação com o ano passado, quando as vendas alcançaram US$ 580 milhões.

Esta é a segunda vez que a Rússia suspende a importação da carne brasileira. Em junho, o governo russo proibiu a entrada do produto depois que foi descoberto um foco de aftosa no Pará, outro estado que não exporta. Na época, a justificativa dos russos foi de que confundiram Pará com Paraná. Os russos cancelaram a proibição, mas barraram a carne proveniente do Mato Grosso, por fazer divisa com o Pará. Uma missão do governo brasileiro partiu no último sábado para a Rússia para negociar o fim do embargo à carne brasileira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)