Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/04/2005 08:23

Combate a tuberculose tem 6 cidades prioritárias em MS

Marina Miranda / Campo Grande News

Em Mato Grosso do Sul, apenas seis cidades recebem recurso extra para o controle da tuberculose. Segundo dados do Ministério da Saúde, desde 2003 um novo programa de combate à tuberculose vem sendo implantando no Brasil e a meta é que ele atinja todos os municípios do País até o final de 2007.
No primeiro ano do PNCT (Programa Nacional de Controle da Tuberculose), apenas Campo Grande era considerada prioritária e recebeu R$ 151,4 mil. Com a revisão do programa, foram incluídos outros cinco municípios: Três Lagoas, que teve aporte extra no início do ano de R$ 7,8 mil, Amambaí e Aquidauana, que receberam este ano R$ 3,9 mil cada. Corumbá (R$ 23,3 mil) e Dourados (R$ 14,5 mil) começaram a receber verba a partir de 2004.
O repasse de recurso extra visa intensificar as ações de vigilância epidemiológica e de controle da tuberculose, incluindo a capacitação de recursos humanos, transporte de pacientes e expansão do tratamento supervisionado.
Estes municípios também recebem, mensalmente, o teto financeiro para controle de endemias. Amambaí obtém R$ 6,7 mil; Aquidauana, R$ 10,6 mil; Campo Grande, R$ 184,1 mil; Corumbá, R$ 30,2 mil; Dourados, R$ 38,5 mil e Três Lagoas, R$ 18,2 mil.
Na quarta-feira, o Ministério da Saúde firmou termo de cooperação com o Sistema S (Sesc, Sesi, Senai) que vai permitir serviço ações de diagnóstico e tratamento da tuberculose para seus associados. São cerca de 1,5 milhão de trabalhadores e mais seis milhões de familiares em todo Brasil. “Eles também vão inserir informações nas aulas de educação de adultos e analfabetos, no dia de ação global e preparar material educativo para distribuição geral”, afirma o coordenador do Programa Nacional de Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde, Joseney Santos, que esteve na capital participando de oficina sobre o PNCT.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)