Cassilândia, Domingo, 18 de Novembro de 2018

Últimas Notícias

02/02/2005 15:09

Combate à aftosa tem R$ 65 milhões

Acrissul

O presidente do Fórum Nacional de Secretários de Agricultura do País, Luiz Castro, do Amazonas, afirmou ontem que o orçamento de 2005 do Governo federal prevê R$ 65 milhões para ações de erradicação da febre aftosa. Recursos adicionais serão destinados a outras ações de defesa sanitária animal e vegetal.

No ano passado, foram liberados R$ 19 milhões, divididos entre as Regiões Norte e Nordeste. Para as demais regiões do País não houve liberação de recursos do Governo federal para erradicação e controle da doença. “Nossa briga e do ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, é para que parte dos R$ 65 milhões não seja retida pela área econômica do Governo”, afirmou.

Critérios

Castro, que participou de reunião no Ministério da Agricultura, disse que a proposta é estabelecer critérios para a distribuição de recursos entre os Estados brasileiros. “Um foco de aftosa não prejudica só os pecuaristas de uma determinada região, mas sim a economia de todo o País”, comentou ele.

No ano passado, foram identificados dois focos de febre aftosa no rebanho bovino, no município de Monte Alegre, no Pará, e em Carreiro da Várzea, no Amazonas. Este último foco levou a Rússia a suspender as compras de carne do Brasil, embargo em vigor desde o dia 21 de setembro. A restrição comercial foi flexibilizada e o Governo de Moscou permitiu em novembro a compra de carne de Santa Catarina, único Estado brasileiro classificado como área livre de febre aftosa sem vacinação.

A nova diretoria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) participa da reunião do Fórum de Secretários de Agricultura.

Fonte: Correio do Estado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 18 de Novembro de 2018
09:05
Cassilândia
Sábado, 17 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
06:25
Cassilândia/Paranaiba
Sexta, 16 de Novembro de 2018
22:20
Cassilândia
Quinta, 15 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
Quarta, 14 de Novembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)