Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/02/2005 15:09

Combate à aftosa tem R$ 65 milhões

Acrissul

O presidente do Fórum Nacional de Secretários de Agricultura do País, Luiz Castro, do Amazonas, afirmou ontem que o orçamento de 2005 do Governo federal prevê R$ 65 milhões para ações de erradicação da febre aftosa. Recursos adicionais serão destinados a outras ações de defesa sanitária animal e vegetal.

No ano passado, foram liberados R$ 19 milhões, divididos entre as Regiões Norte e Nordeste. Para as demais regiões do País não houve liberação de recursos do Governo federal para erradicação e controle da doença. “Nossa briga e do ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, é para que parte dos R$ 65 milhões não seja retida pela área econômica do Governo”, afirmou.

Critérios

Castro, que participou de reunião no Ministério da Agricultura, disse que a proposta é estabelecer critérios para a distribuição de recursos entre os Estados brasileiros. “Um foco de aftosa não prejudica só os pecuaristas de uma determinada região, mas sim a economia de todo o País”, comentou ele.

No ano passado, foram identificados dois focos de febre aftosa no rebanho bovino, no município de Monte Alegre, no Pará, e em Carreiro da Várzea, no Amazonas. Este último foco levou a Rússia a suspender as compras de carne do Brasil, embargo em vigor desde o dia 21 de setembro. A restrição comercial foi flexibilizada e o Governo de Moscou permitiu em novembro a compra de carne de Santa Catarina, único Estado brasileiro classificado como área livre de febre aftosa sem vacinação.

A nova diretoria da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) participa da reunião do Fórum de Secretários de Agricultura.

Fonte: Correio do Estado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)