Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/01/2015 20:00

Comando de greve divulga carta à população

João Pamplona

CARTA ABERTA DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE CASSILÂNDIA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE À COMUNIDADE CASSILANDENSE.

Os Servidores Públicos Municipais da Secretaria de Saúde de Cassilândia, vem por meio desta carta esclarecer à população o motivo pelo qual nós servidores resolvemos entrar em paralisação. Diante disso queremos mostrar a real situação pela qual estamos passando no setor. Uma das questões principais da paralisação é o corte repentino, abrupto e injusto dos incentivos financeiros dos servidores da saúde pelo executivo.


A legislação municipal em vigor estabelece os incentivos dos Servidores da Secretaria de Saúde, são leis elaboradas por outros gestores e que acerca de 15 anos estão complementando os salários destes profissionais e principalmente no que se refere a complementação de carga horária de algumas categorias, haja vista que a maioria do corpo técnico são concursados para executar o período de (20) vinte horas semanais, no entanto as políticas públicas do Ministério da Saúde exigem destes profissionais o período de (40) horas semanais para desenvolver ações de Programas pactuados pela municipalidade.

Por várias e várias vezes foi solicitado através do Conselho Municipal de Saúde para que o gestor da pasta e o executivo solucionassem a regularização salarial, porém nunca obtivemos êxito nas nossas reivindicações, o que nos vem acarretando anos e anos de percas salariais.


Não somos e nunca fomos contra o executivo “colocar a casa em ordem”, mas que seja feita de forma justa, igualitária e coesa, com estas perdas salariais dos servidores públicos a sociedade deixa de receber. Somos pais, mães, filhos, patrões que pagam seus impostos e com esta perda salarial abrupta o comércio, os nossos funcionários e nossos credores poderão ter perdas significativas de arrecadação.


Somos servidores públicos e antes de mais nada somos também usuários e sabemos que é um serviço essencial e necessário à população. Por isso não nos sentimos bem diante de tal situação e pedimos encarecidamente desculpas pelo transtorno que vem sendo causado.

Porém é necessário esclarecer que estamos reivindicando direitos legais aprovados em leis no legislativo municipal e esperamos ansiosos que este impasse seja resolvido o mais breve possível e que o executivo resolva com urgência não prejudicando principalmente a população e a nós servidores que realmente fazemos a prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde funcionar.

Comando de greve dos servidores da Saúde

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)