Cassilândia, Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Últimas Notícias

27/01/2015 20:00

Comando de greve divulga carta à população

João Pamplona

CARTA ABERTA DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE CASSILÂNDIA DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE À COMUNIDADE CASSILANDENSE.

Os Servidores Públicos Municipais da Secretaria de Saúde de Cassilândia, vem por meio desta carta esclarecer à população o motivo pelo qual nós servidores resolvemos entrar em paralisação. Diante disso queremos mostrar a real situação pela qual estamos passando no setor. Uma das questões principais da paralisação é o corte repentino, abrupto e injusto dos incentivos financeiros dos servidores da saúde pelo executivo.


A legislação municipal em vigor estabelece os incentivos dos Servidores da Secretaria de Saúde, são leis elaboradas por outros gestores e que acerca de 15 anos estão complementando os salários destes profissionais e principalmente no que se refere a complementação de carga horária de algumas categorias, haja vista que a maioria do corpo técnico são concursados para executar o período de (20) vinte horas semanais, no entanto as políticas públicas do Ministério da Saúde exigem destes profissionais o período de (40) horas semanais para desenvolver ações de Programas pactuados pela municipalidade.

Por várias e várias vezes foi solicitado através do Conselho Municipal de Saúde para que o gestor da pasta e o executivo solucionassem a regularização salarial, porém nunca obtivemos êxito nas nossas reivindicações, o que nos vem acarretando anos e anos de percas salariais.


Não somos e nunca fomos contra o executivo “colocar a casa em ordem”, mas que seja feita de forma justa, igualitária e coesa, com estas perdas salariais dos servidores públicos a sociedade deixa de receber. Somos pais, mães, filhos, patrões que pagam seus impostos e com esta perda salarial abrupta o comércio, os nossos funcionários e nossos credores poderão ter perdas significativas de arrecadação.


Somos servidores públicos e antes de mais nada somos também usuários e sabemos que é um serviço essencial e necessário à população. Por isso não nos sentimos bem diante de tal situação e pedimos encarecidamente desculpas pelo transtorno que vem sendo causado.

Porém é necessário esclarecer que estamos reivindicando direitos legais aprovados em leis no legislativo municipal e esperamos ansiosos que este impasse seja resolvido o mais breve possível e que o executivo resolva com urgência não prejudicando principalmente a população e a nós servidores que realmente fazemos a prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde funcionar.

Comando de greve dos servidores da Saúde

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 25 de Abril de 2017
Segunda, 24 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)