Cassilândia, Sexta-feira, 25 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

15/11/2003 08:58

Comandante chinês nega ter jogado africanos ao mar

Márcia Wonghon/ABr

O comandante Xu Chang, do navio cargueiro chinês Tu King, que atracou anteontem à noite no Porto do Recife, negou ontem em depoimento ao delegado Daniel Granjeiro, da Polícia Federal, ter jogado em alto mar passageiros clandestinos. O comandante é acusado de transportar ilegalmente da República da Guiné até a capital pernambucana, oito jovens aficanos entre 16 e 21 anos. Os africanos contaram que ficaram à deriva por mais de três horas e foram salvos por um pescador, e que além de serem espancados pela tripulaçâo, tinham sido jogados em alto mar. Mas Chang relatou ao delegado que a viagem de sete horas foi tranqüila, sem registro de qualquer incidente.

O chinês no entanto não conseguiu convencer o delegado Daniel Granjeiro, que decidiu indiciá-lo por introdução clandestina de estrangeiros no país e tentativa de homicídio. Ele pode ser preso e condenado a cumprir pena de um a três anos de detenção.

Hoje, a polícia realiza a reconstituição do caso, com a participação dos africanos, de agentes da Imigraçâo e do comandante com toda a tripulaçâo, formada por 23 homens.

A embarcação que deveria ser abastecida com uma carga de combustível em Fortaleza, ficará retida no porto até a próxima segunda-feira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Setembro de 2020
14:18
Luto
Quarta, 23 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)