Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

10/02/2010 19:01

Com rejeição de projeto, servidores do TJ cancelam greve

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

Com o arquivamento do projeto de lei pela Assembléia Legislativa nesta quarta-feira, os servidores do Poder Judiciário cancelaram a greve prevista para iniciar amanhã contra o aumento da jornada de trabalho de 6h para 7h sem interrupção ou 8h com intervalo.

O presidente do Sindijus (Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul), Noestor Jesus Ferreira Leite, afirmou que a paralisação ficou sem efeito com a decisão dos deputados estaduais. Eles foram unânimes em arquivar a proposta.

No entanto, os 3,5 mil trabalhadores do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) vão ficar mobilizados. A determinação de ampliar a jornada é do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que foi duramente critica pelos deputados estaduais Marquinhos Trad (PMDB), Youssif Domingos (PMDB), líder do Governo, e Júnior Mochi (PMDB).

Até o momento, o presidente do tribunal, desembargador Elpídio Helvécio Chaves Martins, não se manifestou sobre a derrota no legislativo estadual. Além de aumentar a jornada, ele pretendia reduzir o expediente no Judiciário das 10h para sete horas.

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul) cancelou a reunião, prevista para hoje à tarde, para discutir a paralisação por tempo indeterminado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)