Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

18/10/2013 09:19

Com mandado em MS, PF combate fraude em diplomas de Medicina

Aline dos Santos, Campo Grande News

Com mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul e mais 13 Estados, a PF (Polícia Federal) deflagrou nesta sexta-feira a Operação Esculápio para combater esquema de uso de diplomas e documentos falsos na UFMT (Universidade Federal do Mato Grosso). O objetivo dos participantes era obter a revalidação e, desta forma, poder exercer a Medicina no Brasil.

De acordo com a assessoria de imprensa da PF, a 7ª Vara Criminal da Justiça Federal do Mato Grosso deferiu 41 mandados de busca e apreensão, que serão cumpridos em Mato Grosso, Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rondônia, Rio Grande do Sul e São Paulo.

No Estado, o alvo foi uma residência em Ladário, região de fronteira com a Bolívia.

As investigações começaram após a UFMT descobrir que 41 pessoas nunca foram alunas ou não concluíram as graduações em três universidades bolivianas: Universidad Nacional Ecológica, Universidad Técnico Privada Cosmos e Universidad Mayor de San Simon.

A PF constatou que, dos 41 inscritos no programa de revalidação, 29 foram representados por cinco advogados ou despachantes, que teriam sub-rogado outras pessoas para realizar a inscrição dos supostos médicos. Os acusados responderão pelos crimes de uso de documento falso e falsidade ideológica. Esculápio é o Deus da medicina e da cura na mitologia greco-romana.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Fevereiro de 2017
Domingo, 19 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 18 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)