Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/05/2015 13:03

Com indicativo de greve, Fetems e governo voltam a discutir reajuste

Campo Grande News

Com indicativo de greve, que pode parar 26 mil servidores a partir do dia 21 de maio, a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação) e o governo do Estado tem nova rodada de negociação salarial nesta sexta-feira. Os representantes da categoria estão reunidos com o secretario de Governo, Eduardo Riedel.

De acordo com o presidente da Fetems, Roberto Magno Botareli Cesar, a negociação é para 20 mil professores e 6.200 servidores administrativos. Para os docentes, os pedidos são pagamento ainda em 2015 de 10.98%, referente à Lei 4.464, reajuste referente à data base no de maio e pagamento do 1/3 da hora-atividade para professor, que deveria vigorar desde janeiro. “Temos um documento assinado pelo governador de próprio punho e registrado em firma onde ele cumpriria”, diz Botarelli.

Quanto aos administrativos, é solicitado reajuste de 8,36% para repor a inflação. O governo, em outras ocasiões, relatou dificuldade financeira para conceder aumento salarial. Para o presidente da Fetems, o cenário econômico permite o reajuste devido ao aumento de arrecação com o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do diesel; alta do dólar, moeda usada para pagar os gás boliviano; e do aumento da energia elétrica, que refete na arrecação de imposto.

O resultado de hoje será discutido em assembleias municipais na segunda-feira e em uma discussão geral na próxima terça. A assessoria de imprensa do governo informou que o secretário falaria somente após a reunião, que acontece na Governadoria, em Campo Grande.

Ontem, os professores fizeram paralisação de alerta, com duração de 24 horas. A categoria conseguiu retirada de projeto, em trâmite na Assembleia Legislativa, sobre alteração na lei que rege a eleição para diretores.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)