Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/08/2013 07:26

Com fusca azul atlântico, de estofado branco, noiva se casa como sempre sonhou

Ângela Kempfer, Campo Grande News
Os noivos no fim da cerimônia, dentro do fusca.Os noivos no fim da cerimônia, dentro do fusca.

 

O Lado B fez a campanha pelo fusca tão sonhado pela noiva Cristiane Pereira e agora conta o desfecho dessa história. A professora de Campo Grande se casou no domingo (25), exatamente como desejava.

Chegou para a cerimônia em um fusca azul atlântico, com estofado branco, vestido retrô e um sorriso estampado no rosto. Tudo ficou ainda mais no clima com a festa em plena tarde, em um espaço com muito verde.

O sonho foi realizado pelo também professor, mas de Educação Física, Conrado Petralas de Faria, de 35 anos, o dono do fusca. Até a sexta-feira retrasada, não havia nenhum veículo do gosto de Cristiane que, detalhista, preparou tudo ela mesma para o casamento, do convite às lembrancinhas.

Conrado ficou sabendo da vontade e ofereceu o xodó como contribuição. O professor tem paixão pelo fusca. Conseguiu comprar do jeitinho que queria, em Taubaté, interior de São Paulo, há 2 anos.”Decidi na hora. Tinha poucos detalhes para mexer."


Apesar de refeita nos últimos tempos, a cor segue o código da pintura original, de 1966. O carro de 47 anos tem o mesmo motor mil e duzentos e não fica parado na garagem.

“É o meu carro. Não deixo ele parado, tento aproveitar ao máximo. Ninguém sabe o dia de amanhã”, diz o dono, sem deixar claro se o medo é dele morrer ou de ver o fusca pifar.

Conrado morava com a esposa em São Paulo, mas nasceu em Campo Grande, para onde voltou no ano passado. Quando foi fazer a transferência do veículo para Mato Grosso do Sul teve uma surpresa bem desagradável que, por pouco, não acabou com os planos de Cristiane.

“Levei ao Detran e eles suspeitaram de motor adulterado. Ficou 40 dias parado no pátio, naquele sol. Fiquei com o coração na mão. Só na sexta-feira passada liberaram”, conta.

O problema, como todo dono de carro antigo, é encontrar peças em Campo Grande. “A gente acaba pedindo por internet”, comenta. Mas nada diminuiu o amor pelo fusquinha de calotas brancas.

No domingo, Conrado foi buscar Cristiane no salão de beleza e seguiu dirigindo até o local da cerimônia, em uma conversa com a noiva que durou 20 minutos. “Ela estava toda feliz, porque tudo ficou do jeito que ela queria. É muito bom ter contribuído para isso”, diz Conrado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)