Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/04/2010 09:28

Com documentos falsos, dupla abriu empresa e deu golpes

Campo Grande News/ Fernanda Mathias

Dois homens foram presos em flagrante ontem por policiais civis da Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado) por aplicarem golpes no comércio após abrirem uma transportadora de cestas básicas com documentos falsos.

Eduardo Pereira Fernandes, de 42 anos e Marcos Antonio de Arruda Moraes, de 43 anos, foram indiciados por estelionato, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Eles registraram a empresa AW3 Transportadora e Cesta Básica na Junta Comercial de Mato Grosso do Sul usando documentos falsificados em nome de Eduardo de Jesus Augusto e Jesus Chaves Vermieiro.

Começaram a operar com venda de cestas básicas e trabalharam alguns meses comprando e revendendo os produtos, até adquirir confiança do mercado. Com isso conseguiram melhores condições e prazos, abriram conta em bancos, compraram produtos com cheques pré-datados e, segundo a Polícia, adquiriram grandes quantidades de mercadoria que eram imediatamente repassadas a receptadores. “Ao final, após obterem grandes lucros com os produtos, deram o “calote” nos seus fornecedores”, informa a nota da Polícia Civil.

A prática criminosa é conhecida como “Arara” e consiste em criar uma empresa legalmente registrada junto a Jucems, com documentação adulterada em nome de terceiros que tiveram seus documentos pessoais furtados ou roubados.

Os comerciantes trabalham legalmente comprando e pagando os débitos por alguns meses para adquirir confiança do mercado, recebem créditos maiores, quanto então aplicam o golpe.

A Deco apreendeu com a dupla diversos equipamentos eletrônicos, grande quantidade de produtos alimentícios, diversos documentos adulterados e falsificados, talonários de cheques e cartões de credito em nome de pessoas fictícias criadas pela dupla, usados para lesar o comércio da Capital.

A empresa WA3 transportadora e cesta básica funcionava na Rua Jatobá, nº 505 no Bairro Guanandi, em Campo Grande.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)