Cassilândia, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

Últimas Notícias

09/06/2015 17:01

Com apenas uma vitória no Brasileiro, Oswaldo é demitido

Gazeta Esportiva

Aposta para o comando técnico alviverde no segundo mandato de Paulo Nobre na presidência, Oswaldo de Oliveira não resistiu à pressão pelos maus resultados e foi demitido do clube nesta terça, após ser comunicado da decisão pela diretoria. Depois do vice-campeonato paulista, o Palmeiras teve queda de rendimento brusca no Brasileiro – somando apenas seis em 18 pontos disputados -, e o primeiro a pagar pelas falhas foi o treinador.

Após 30 jogos no comando da equipe, Oswaldo deixa o comando na Academia de Futebol com 16 vitórias, sete empates e sete derrotas, retrospecto que resulta em um aproveitamento de 61%. A má campanha no Brasileirão, que contrasta com as atuações empolgantes do Verdão no Estadual, foi determinante para a demissão do técnico, que após a derrota para o Figueirense, no último domingo, optou por dar folga ao elenco e ir ao Rio de Janeiro para descansar.

Após perder o título paulista nos pênaltis para o Santos, o Palmeiras estreou no Brasileirão empatando com o time reserva do Atlético-MG, fato que bastou para as críticas voltarem à tona. O empate contra o Joinville, fora, e o tropeço para o Goiás, dentro de casa, deixaram ainda mais delicada a situação, que só foi aliviada pela vitória no Derby em Itaquera. No entanto, outros dois resultados adversos, contra Internacional e Figueirense, culminaram no desligamento de Oswaldo de Oliveira do clube.

Em inúmeras declarações na Academia, Oswaldo sempre se colocou à frente dos atletas para se responsabilizar pelas más atuações, e ponderou também as ausências por contusão e o entrosamento como questões que colaboraram para a campanha ruim no torneio nacional. No entanto, após 22 jogadores contratados e poucos resultados, foi ele o alvo principal para o início da reestruturação.

Veicula-se na imprensa o nome de Marcelo Oliveira como possível sucessor de Oswaldo, levando em conta a demissão recente do Cruzeiro e a proximidade com o diretor de futebol do Verdão, Alexandre Mattos, com quem foi bicampeão em Minas Gerais. Outra opção é Cuca, que está de saída da China e é outro nome disponível no mercado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 26 de Abril de 2017
Terça, 25 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)