Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/10/2005 12:47

Com apenas 5% de consumo interno, 34 frigoríficos param

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Com um consumo interno de apenas 5% da produção total de carne – de 1 milhão de toneladas ao ano, cerca de 84 mil toneladas mensais – os 34 frigoríficos com SIF (Serviço de Inspeção Federal) em Mato Grosso do Sul estão com atividades totalmente paralisadas ou abatendo somente os bovinos comprados antes da confirmação do foco de febre aftosa, em 8 de outubro, na fazenda Vezozzo, em Eldorado.

A informação é do presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Laucídio Coelho Neto, segundo o qual alguns frigoríficos que adquiriram bovinos antes da confirmação do foco já acertaram com seus clientes para que ao abate seja feito somente após a liberação da entrada de carne em outros Estados.

A carne desossada e processada, com exceção da procedente das cidades interditadas, deve entrar nos Estados que impuseram barreiras sanitárias a Mato Grosso do Sul, conforme ficou decidido em reunião ocorrida na última sexta-feira no Mapa (Ministério da Agricultura, Abastecimento e Pecuária). Porém, a medida ainda não foi colocada em prática e ontem mesmo caminhões com carne de Mato Grosso do Sul tiveram que voltar para trás na divisa com São Paulo.

Laucídio acredita que dentro de duas semanas de 60% a 70% da produção normal de carne do Estado, que abate por ano 3,7 milhões de bovinos, possa ser retomada, mas para que os abates sejam normalizados 100% a previsão é menos otimista: seis meses. Esse é o prazo, a contar do abate dos últimos animais infectados para que a OIE (Organização Internacional de Epizootias) reconheça o status de zona livre de febre aftosa com vacinação, perdido após a confirmação deste último foco. Outros três focos foram confirmados, um deles também em Eldorado e outros dois em Japorã.

Abatidos antes do foco por uma forte crise de preços, até 20% menores que os do mesmo período do ano passado, conforme dados da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), muitos produtores chegaram ao desespero, conforme Laucídio Coelho.

Ontem foi realizada reunião-jantar na Acrissul para discutir a questão da febre aftosa e Laucídio conta que recebeu vários apelos de produtores. A situação para os 18 frigoríficos exportadores é ainda mais grave. Dentre os que suspenderam os abates está o Bom Charque de Iguatemi, empresa que está entre as 10 maiores exportadoras de Mato Grosso do Sul, que concedeu férias coletivas a mais de mil funcionários. Nos municípios do Conesul interditados por conta do foco, três frigoríficos estão com abates suspensos, como o frigorífico Boifran, de Eldorado. Desde o começo da semana não há abates. A empresa tem cerca de 500 funcionários parados à espera de uma mudança no cenário.

Os funcionários das empresas temem o desemprego e o comprometimento da atividade prejudica fortemente os municípios, cuja dependência da pecuária é muito alta. O trânsito de animais em pé, produtos e subprodutos de bovinos está suspenso em Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã e Mundo Novo. Os prefeitos destas cidades estão hoje em Campo Grande, onde pedem socorro ao governo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)