Cassilândia, Segunda-feira, 25 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

17/08/2017 10:23

Com alto poder financeiro, quadrilha alvo da PF tinha oficina, lava jato e frota

Aline dos Santos, Campo Grande News

Alvo da operação Bandeirante, a quadrilha acusada de atuar no tráfico de cocaína tinha alto poder financeiro, com patrimônio que inclui oficinas mecânicas, estacionamento, lava jato, diversas residências, veículos de passeio, caminhonetes e caminhões.

De acordo com a PF (Polícia Federal), apesar de ostentar riqueza, os integrantes não tinham emprego ou atividade lícita que justificasse o padrão de vida. Uma das oficinas não apresentava atividade contínua ou funcionários regulares, auxiliando na confecção de esconderijos e compartimentos em veículos que transportariam as drogas.

A investigação aponta ainda que eram recrutados familiares e até um menor de idade no esquema. Resistente, a organização criminosa prosseguia com o tráfico mesmo após prisões e apreensões milionárias de carga de cocaína. Como numa empresa, as tarefas eram subdivididas, com recrutamento de membros e recursos para enviar novos carregamentos.

Os alvos da operação tratavam desde as negociações com fornecedores bolivianos de cocaína, logística de pagamentos e internalização da droga no território brasileiro, até o armazenamento, ocultação em compartimentos de veículos e transporte, especialmente para São Paulo. O transporte era por vias vicinais.

Com 90 policiais, a operação cumpre 19 mandados de prisão preventiva, 16 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de condução coercitiva. As ações são em cidades de Mato Grosso do Sul e São Paulo: Corumbá, Três Lagoas, Campo Grande, Suzano e São Paulo (capital). A operação prevê sequestro e apreensão de bens da organização criminosa.

O nome bandeirante faz referência a um dos veículos utilitários usados pela organização criminosa para cruzar o Pantanal, na tentativa de driblar a fiscalização. Neste modelo de veículo estava a primeira carga apreendida.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 24 de Setembro de 2017
18:01
Município suspende aulas
11:00
Mundo fitness
10:00
Receita do dia
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)