Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/06/2013 16:49

Colegas de profissão e alunos de delegado morto cobram punição para crime

Campo Grande News/ Aline dos Santos e Giselli Figueiredo

Colegas de profissão e alunos do delegado aposentado Paulo Magalhães, de 57 anos, assassinado na última terça-feira, se uniram hoje em manifestação por Justiça.

“A categoria perdeu um grande companheiro. Estamos buscando atenção da Justiça. Os responsáveis precisam ser descobertos e presos”, afirma a delegada Regina Márcia Rodrigues, amiga de Paulo há 20 anos. Ela lembra que ele sempre lutou contra a corrupção.

Aluno do delegado, que também era advogado e professor universitário, Jordão Aguiar Santana assegura que os ideais do mestre não serão esquecidos. “Protestamos contra a corrupção, violência e impunidade”, diz.

O grupo se concentrou nos altos da avenida Afonso Pena, no Parque das Nações, e seguiu para a Praça do Rádio. Paulo Magalhães foi executado a tiros enquanto esperava que a filha de 11 anos saísse da escola. O crime foi na rua Alagoas, próximo à Rua da Paz, no Jardim dos Estados, em Campo Grande. No total, seis tiros de pistola 9 mm atingiram Paulo.

Hoje, a menina participa da mobilização. Na camiseta dos amigos, uma mensagem de coragem: “Os covardes morrem várias vezes antes da sua morte, mas o homem corajoso experimenta a morte apenas uma vez”.

No site da ONG Brasil Verdade, a qual presidia, Paulo Magalhães divulgou que respondia a 21 ações criminais e 8 cíveis sob a alegação de calúnia e difamação contra servidores públicos federais e estaduais. Com a sua morte, a família encerrou a página.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)