Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/10/2014 08:52

Colecionador de pimentas tem 146 espécies e cultiva a mais ardida do mundo

Campo Grande News
Carolina Reaper (Foto: Alcides Neto)Carolina Reaper (Foto: Alcides Neto)

Tem gente que coleciona cédulas, moedas, carros antigos, cartões de telefone, entre tantas outras coisas que, de tão comum, já não causa tanta surpresa. O acadêmico de engenharia mecânica Willian de Oliveira Ballock, de 25 anos, morador de Campo Grande, preferiu as pimentas e, hoje, ele tem um catálogo com, pelo menos, 146 espécies, incluindo a Carolina Reaper, que entrou para o livro dos recordes, o Guinness Word Records, por ser considerada a mais forte do mundo.

“Ela é dos Estados Unidos, do estado da Carolina do Sul, por isso o nome. É a mais ardida. Muito fora do normal. Já experimentei, mas nunca consegui comer”, relata.

Na escala Scoville, que classifica ardência, explica o colecionador, a espécie aparece com média de 1.569.300 milhões, com níveis de pico de mais de 2,2 milhões. Considerada uma pimenta nuclear, a Carolina é tão potente quanto os sprays de pimenta usados pela polícia, divulgou, em 2013, à época do título, a Associated Press, agência de notícias americana.

“A malagueta, bodinha, essas que a gente conhece aqui, não chegam nem aos pés dessa”, compara. Willian conseguiu a semente da Carolina Reaper negociando com um colecionador de Portugal.

Ele faz esse intercâmbio, com Portugal e outros países, há 4 anos, desde que começou a mexer com pimentas. “Comecei porque queria achar alguma coisa para fazer, algum hobby para ocupar o tempo”, diz.

Hoje, o estudante tem as pimentas mais ardidas do mundo e mais raras também. Plantadas, estima, deve ter cerca trinta e cinco. Como sementes, coleciona mais de 100. São tipos que vieram de países como Estados Unidos, Alemanha, República Dominicana e Jamaica, por exemplo.

Na lista tem a Black Pearl, uma das mais bonitas, segundo ele. “Parece pérola negra. É ardida, mas não chega a ser nuclear como as outras”. As folhas dessa pimenta são negras. Outra que ele destaca é a Bhut Jolokia. “Ficou por muito tempo como uma das mais ardidas”, afirma.

O material elenca nomes familiares para os brasileiros e não-colecionadores, como Bicão, Biquinho Amarela, Bode Vermelha, e outros pouco conhecidos: 7 Molhos, Habanero Big Sun, Goronong, Fatalii, Jalapeño Infernal, Santiago e Yellow, Lemon Drop, Leopard, Mata Frade, Mexiquim, Mistery, Trinidade Scorpion, Starfish, Tuscan Peaper, entre tantas outras.

Willian tem um verdadeiro catálogo em casa e, junto com ele, correspondências do Brasil e do exterior, devido aos vários contatos que mantém com outros colecionadores.

Por um tempo, o rapaz dedicou apenas à coleção, mas, agora, cultiva para vender. O hobby, que está virando negócio, dá trabalho, porque as pimentas exigem cuidados especiais, que vai do abudo à manutenção para não morrer. Mas o colecionador sente-se realizado. “Tenho até ciúmes. Sei quantas pimentas tem em cada. Se sumir uma frutinha eu sei que tiraram. São minhas filhas”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)