Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

16/03/2007 20:09

COI confirma que TV Record transmitirá a Olimpíada

Jamil Chade - Estadão

GENEBRA, Suíça - O Comitê Olímpico Internacional (COI) confirmou nesta sexta-feira que a TV Record ganhou o direito exclusivo de transmitir a Olimpíada de 2012, que acontecerá em Londres. A emissora paulista desembolsou US$ 60 milhões (cerca de R$ 126 milhões) e prometeu ampla cobertura do evento no Brasil.

Na disputa, a Record bateu a Rede Globo e a Band. De quebra, a emissora levou os direitos completos ainda para a transmissão por internet, satélite, cabo e mesmo em celulares, considerado como um mercado que crescerá nos próximos anos. A decisão é histórica, já que pela primeira vez o evento não será transmitido nem pela Globo nem pela Band.

A Record já tinha tentado levar os direitos da Copa do Mundo de 2014. Mas apesar de oferecer o dobro do valor dado pela Globo à Fifa, a entidade máxima do futebol preferiu manter o acordo com a emissora carioca. Mas no caso dos Jogos Olímpicos, o COI garantiu à Record não apenas os Jogos de 2012, mas também a Olimpíada de Inverno de 2010, no Canadá.


Aumento das receitas
O COI admitiu que a negociação resultou em um "aumento significativo" na renda das vendas dos direitos em relação com Pequim de 2008. Para os Jogos do ano que vem, a Band e Globo teriam oferecido apenas metade disso. Desta vez, o COI negociou diretamente com a Record e não por meio do "pool" na Organização de Televisão Ibero-Americana. No caso dos jogos de 2008, os acordos com Band e Globo foram feitos por meio da entidade.

Na sede do COI, em Lausanne, membros do Comitê deixaram claro que não foi apenas o dinheiro oferecido pela Record que garantiu o contrato. Um dos aspectos que pesou foi o compromisso da rede em transmitir um maior número de eventos das Olimpíadas, assim como os Jogos de Inverno de 2010. O COI deixou claro que levou em conta o fato de que "eventos esportivos são parte essencial da programação" da Record.


Ampla cobertura
Em seu comunicado à imprensa, o COI aponta que "a Record oferecerá uma cobertura maior dos Jogos Olímpicos por meio de um grande número de canais". Para o presidente da entidade, Jacques Rogge, a difusão aberta dos canais é um "principio muito importante para o COI". "Ao atingir esse novo acordo com Record, o COI garantirá que o maior número possível de pessoas conseguirá desfrutar os Jogos Olímpicos e a experiência olímpica no Brasil", disse Rogge.

"O COI está feliz com a parceria que começará em 2010. A Record nos impressionou tanto no que se refere à paixão pelos Jogos Olímpicos como por seu compromisso com os valores olímpicos. O Brasil é um mercado chave para o Movimento Olímpico na América do Sul e esse acordo significa um excitante novo período tanto para a exposição quanto para a renda dos Jogos. Estamos entusiasmados para trabalhar com a Record pela primeira vez e garantir uma cobertura cada vez maior dos Jogos aos torcedores no Brasil", afirmou Richard Carrion, membro executivo do COI e chefe das negociações dos direitos de TV.

"Estamos comprometidos em oferecer uma cobertura compreensiva tanto dos Jogos de 2010 em Vancouver como de 2012 em Londres em todas as plataformas tecnológicas", afirmou Honorilton Gonçalves, presidente da Rede Record.

Em seu comunicado, o COI aponta a Record como a rede que mais cresce em audiência no Brasil. "Seu jornalismo dinâmico e ativo, inclusive com uma equipe de mais de mil profissionais, programas esportivos e shows são responsáveis por esse desempenho. A expansão da Record é baseada em organização e planificação, o que permitiu melhor posicionamento da empresa dentro do setor. A Record é reconhecida como estando a caminho de se tornar líder no seu setor", afirma o COI.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)