Cassilândia, Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

12/09/2017 10:40

COI admite que eleições olímpicas podem ter sido ‘compradas’

Midiamax

Durante reunião do Conselho Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI)em Lima, no Peru, a entidade admitiu que pode ter havido pagamento de propina para a escolha de cidades-sede dos Jogos Olímpicos.

Em comunicado oficial do COI divulgado nesta segunda-feira, a Junta Executiva da entidade revelou que podem ter ocorrido pagamentos para Papa Massata Diack, filho de Lamine Diack, ex-presidente da Iaaf (Associação Internacional de Federações de Atletismo), em troca de votos para escolha das cidades-sede das Olimpíadas, sem especificar quais.

A notícia sobre uma possível compra de votos para a escolha do Rio de Janeirocomo sede das Olimpíadas de 2016 voltou às manchetes na última semana, após o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Carlos Arthur Nuzman, ter sido submetido a investigações da força-tarefa “Unfair Play”, que faz parte da Operação Lava Jato.

Ainda na nota oficial do COI, o órgão admitiu que a Comissão de Ética da entidade solicitou a advogados brasileiros que entrassem em contato com autoridade judiciais do País sobre a recente investigação de corrupção a respeito da escolha do Rio como sede dos Jogos de 2016, em eleição realizada em 2009.

A acusação é refente ao fato de que Papa Diack teria recebido cerca de dois milhões de dólares para a compra de votos, a fim de que o Rio vencesse a eleição do COI. O responsável pelo envio do dinheiro teria sido o empresário brasileiro Arthur Cesar de Menezes Soares Filho, o “Rei Arthur”, que teria transferido a quantia através da empresa Matlock Capital Group.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 25 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 24 de Setembro de 2017
18:01
Município suspende aulas
11:00
Mundo fitness
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)