Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

26/02/2004 08:51

Cofins: empresa consegue liminar no STF

STF

O ministro Carlos Velloso deferiu o pedido de liminar em Ação Cautelar (AC 191) ajuizada pela Cia. Metalic do Nordeste, sediada no Distrito Industrial de Fortaleza (CE). Com a decisão a empresa obteve o direito de recolher a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) calculada sob a alíquota de 2% sobre o valor de seu faturamento.

Na Ação, a Cia Metalic sustenta que o artigo 3º da Lei 9.718/98, que amplia a base de cálculo da Cofins, é inconstitucional. O dispositivo afrontaria os seguintes artigos da Constituição Federal (CF): 59; 146, inciso III, alínea a; 154, inciso I; 195, inciso I e seu parágrafo 4º.

A empresa também alega a presença do periculum in mora (perigo de lesão na demora da decisão), pois poderá ser multada por não recolher a Cofins, conforme a Lei 9.718/98. Poderá, ainda, ter problemas para obter Certidão Negativa de Débitos (CND) e, conseqüentemente, participar de licitações. Por fim, aponta a existência de jurisprudência favorável no STF (AC 69). Ao decidir, Velloso remeteu-se à Petição 2891, em que deferiu o pedido, posteriormente referendado pela 2ª Turma. Procedendo da mesma forma, o ministro deferiu a liminar requerida pela Cia. Metalic, pedente de referendo da Turma.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)