Cassilândia, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

19/07/2012 12:46

CNJ lança campanha para estimular registro de paternidade

Cerca de 5 milhões de estudantes não têm o nome do pai na certidão de nascimento. Destes, 3,8 milhões são menores de 18 anos, de acordo com estimativa do Censo Escolar 2009.
Para orientar as famílias sobre a importância de atualizar o registro de paternidade tardia, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) lançou nesta quarta-feira, 18, a campanha “Pai Presente” com a mensagem “Não é apenas na certidão de nascimento que um Pai faz falta”.

“O CNJ sabe o quanto é importante para um filho ter o nome e a presença de um pai. Por isso, o reconhecimento de paternidade foi simplificado e agora pode ser feito em qualquer cartório de registro”, dizem as peças que compõem a campanha.

Duas delas, voltadas para mães e pais, falam sobre a falta que faz à criança a figura do pai, no cotidiano e em sua formação. Uma terceira peça, voltada aos registradores civis, demonstra a sua importância para se obter o reconhecimento de paternidade.

A iniciativa faz parte do programa Pai Presente, realizado pela Corregedoria Nacional de Justiça, em parceria com os Tribunais de Justiça. A divulgação das peças será veiculada em rádios e televisões brasileiras até 1º de setembro.

A ABERT apóia a campanha incentivando o engajamento das 2,7 mil emissoras de rádio e 320 de televisão associadas.

Os interessados podem acessar aqui o spot a vinheta ou plano de mídia da campanha.



Assessoria de Imprensa da Abert

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 17 de Janeiro de 2017
Segunda, 16 de Janeiro de 2017
10:04
Coluna da juíza Luciane Buriasco Isquerdo
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Domingo, 15 de Janeiro de 2017
12:53
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)