Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

22/09/2009 12:47

CNI/Ibope: índice sobre a crise

Kelly Oliveira, Agência Brasil

Brasília - A percepção de gravidade da crise financeira internacional vem perdendo força, segundo a pesquisa Ibope divulgada hoje (22) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em seis meses, caiu de 37% para 20% o percentual dos que consideram a crise muito grave. Entretanto, aumentou de 11% para 23% o índice daqueles que a consideram pouco ou nada grave.

Sobre o impacto da crise, 27% consideram que a economia brasileira será muito prejudicada, 51% acham que será pouco prejudicada e 16% esperam que não seja prejudicada. Em março, esses percentuais eram de 30%, 53% e 11%, respectivamente.

Segundo a pesquisa, apenas 2% consideram que a crise já foi superada. Treze por cento afirmaram que a crise deve terminar ainda neste ano, 34% dizem que acabará em 2010 e 29% esperam que se estenda para depois do próximo ano.

A avaliação sobre o atuação do governo para enfrentar a crise piorou. Atualmente, 52% consideram que a atuação foi ótima ou boa, contra 61% da pesquisa anterior. Entre os que a consideram regular, o percentual subiu de 25% para 33%. A avaliação negativa passou de 6% para 9%.

A pesquisa mostra ainda que 52% dos entrevistados não pretendem alterar os hábitos de consumo por conta da crise. Em junho, esse percentual era de 53%.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Maio de 2018
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)