Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/02/2008 16:16

CNI esperava proposta de reforma tributária mais ousada

O presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), deputado Armando Monteiro Neto (PTB-PE), disse nesta quarta-feira (dia 27) que a proposta de reforma tributária do governo poderia ser mais "ousada". Porém, ele salientou que a falta de ousadia não é culpa dos formuladores das mudanças e sim das resistências políticas que impedem proposições mais drásticas.

"A proposta podia ter mais ambição. A simplificação, por exemplo, poderia incluir a exclusão do ISS (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza). O ISS tem problemas porque é cumulativo e é cobrado em cascata. É um imposto ruim. O período de transição para a legislação do ICMS também é longo demais. Pode demorar até oito anos. Isso significa que demorará muito tempo até a produção ser desonerada. O mundo exige menos tempo. Mas isso tudo não é falta de compreensão dos formuladores. As dificuldades advêm dos setores políticos. Os municípios não abrem mão de tributar pelo ISS, por exemplo", argumentou o dirigente.

O presidente do Conselho de Administração do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau, também avalia que a proposta podia ser mais abrangente, mas elogiou o esforço do governo e disse que há consciência política para que as mudanças sejam feitas no momento atual. "Não existe perfeição em política tributária. Essa proposta é uma evolução. Tem havido um esforço do governo em torno do projeto. Nós temos que atingir o ponto em que não exportaremos mais impostos. Essa reforma não trata disso, mas é uma evolução. Isso vai ficar para outro momento. Ela também é tímida em relação à folha de pagamento. Mas as propostas apresentadas pelo governo mostram que ele está disposto a negociar. Vai haver um engajamento de todos nós. Dessa vez nós percebemos que há uma consciência a favor da reforma", comentou o empresário, que é bastante próximo ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.




Jorge Granco - Midiamax

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)