Cassilândia, Sábado, 29 de Abril de 2017

Últimas Notícias

07/03/2009 16:10

CNBB repudia estupro de menina de nove anos, mas

Sabrina Craide, ABr

Brasília - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) repudiou o estupro da menina de nove anos por seu padrasto, no interior de Pernambuco, que resultou em uma gravidez de gêmeos, e defendeu a rigorosa apuração dos fatos. “Repudiamos veementemente este ato insano e defendemos a rigorosa apuração dos fatos, e que o culpado seja devidamente punido, de acordo com a Justiça”, afirma a entidade em nota assinada pelo presidente Dom Geraldo Lyrio Rocha.

Apesar de lamentar que este não seja um caso isolado e dizer que se preocupa com o crescente número de atentados a crianças, a CNBB diz que se coloca sempre a favor da vida. “A Igreja, em fidelidade ao Evangelho, se coloca sempre a favor da vida, numa condenação inequívoca de toda violência que fere a dignidade da pessoa humana”. A menina teve a gravidez interrompida, o que gerou polêmica com a Igreja Católica, que chegou a excomungar os envolvidos no aborto.

A nota da CNBB também reafirma uma manifestação dos bispos da Regional Nordeste 2, que discordam do desfecho de “eliminar a vida de seres humanos indefesos.Diante da complexidade do caso, lamentamos que não tenha sido enfrentado com a serenidade, tranqüilidade e o tempo necessário que a situação exigia”, afirmam os bispos.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 27 de Abril de 2017
13:24
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)