Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/10/2009 19:02

CMN autoriza empréstimos de R$ 6 bilhões para os estados

Stênio Ribeiro, Agência Brasil

Brasília - O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje (7), em reunião extraordinária, a criação de uma linha de crédito adicional de R$ 6 bilhões para os estados em dificuldade com a queda da receita federal e consequente redução dos repasses para o Fundo de Participação dos Estados (FPE).

O anúncio da medida foi feito há pouco pelo Ministério da Fazenda, adiantando que os empréstimos serão viabilizados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com possível intermediação de bancos públicos, como explicou Mário Augusto Gouveia, do Tesouro Nacional.

Ele disse que o volume de crédito atende à demanda dos estados e “está em linha” com a política do governo de estimular os investimentos necessários para recuperação da economia dos estados e geração de empregos.

Os R$ 6 bilhões vão sair do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), formado por contribuições do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). Os empréstimos poderão ser tomados por prazo de até dez anos, incluindo carência de dois anos, e os contratos devem ser assinados até 30 de junho do ano que vem.

A Resolução 3.794 do CMN, que estabelece a nova linha de crédito, diz que os custos dos empréstimos serão iguais à Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), hoje de 6% ao ano, mais 1% se a transação tiver o aval do Fundo Garantidor de Operações, ou 2% sem o aval.

Essa é a segunda linha de crédito do ano, autorizada pelo CMN, para socorrer os tesouros estaduais. A primeira foi determinada em abril, no valor de R$ 4 bilhões, dos quais foram contratados R$ 3 bilhões. O restante está em fase de conclusão, de acordo com Mário Augusto.



Edição: Enio Vieira

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)