Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/09/2005 11:29

Clubes querem anular jogos apitados por Edílson

Os clubes querem que os jogos arbitrados por Edílson Pereira de Carvalho sejam cancelados. É o caso do Figueirense, que teria sido prejudicado na derrota para o Vasco, por 2 a 1 , em São Januário.
O presidente do Figueirense, ameaçado pelo rebaixamento, fez um aviso. "Inicialmente, achamos que eram erros contra nossa equipe. Agora, porém, constatamos que não eram simples erros dos árbitros. Vamos aguardar as providências que serão tomadas pela CBF e pelo STJD. Mas, como fomos os mais prejudicados, vamos começar a preparar recursos de defesa dos nossos interesses. Se constatarmos que algum erro ou prejuízo não foi reparado, vamos brigar por nossos direitos", disse Norton Flores Boppré.

Já o presidente do Vasco da Gama, Eurico Miranda, é a favor da anulação do jogo do time carioca, mas somente naquele em que foi derrotado.

No dia 8 de maio, Botafogo e Vasco jogaram em São Januário e o time de Niterói venceu por 1 a 0, gol de Alex Alves, na cobrança de um pênalti duvidoso que os vascaínos reclamam até hoje.

"Esse jogo sim tem que ser anulado, pois o próprio árbitro, nas gravações da revista, aparece dizendo que existia um esquema para favorecer o Botafogo nesse jogo. Não que o Botafogo tenha sido o responsável, mas acabou favorecido", afirmou Eurico.

Porém, quando o assunto é o jogo em que o Vasco ganhou do Figueirense por 2 a 1, também apitado por Edílson, e teria sido favorecido pelo árbitro, a opinião de Eurico é diferente.

"Este jogo não tem que ser anulado e basta acompanhar a conduta do árbitro neste jogo. Isso é fácil, pois todas as partidas são gravadas. Na fita, o Edílson diz que armaria o resultado daquele jogo mesmo que tivesse que sair escoltado por um camburão. Se ele quisesse ajudar o Vasco em São Januário, não sairia escoltado em um camburão. Nunca um árbitro, que pretende ajudar o time da casa, sai escoltado num camburão em nenhum lugar do mundo", finalizou o dirigente.

O presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, diz que não está surpreso com o escândalo dos resultados e pede apuração dos fatos.

"Entro no coro do aprofundamento definitivo de tudo. São situações graves como esta que sabemos e não apuramos. Como no Campeonato Carioca, que estávamos ganhando e homens armados ameaçaram o juiz no intervalo. Isso aconteceu em março e nada aconteceu, ninguém sabe de nada. Não é a primeira vez que isso acontece. São necessárias medidas drásticas para não prejudicar o torcedor. É preciso que os fatos sejam apurados e tentar melhorar", afirmou Freitas, que levantou suspeitas sobre os sorteios de árbitros da CBF.

"Onde estão esses sorteios? A gente só vê a publicação destes sorteios. Temos um monte de coisa sendo feitas, temos que aproveitar o momento e tentar melhorar. Espero que tenhamos a possibilidade de nos unirmos", disse o ex-jogador de vôlei.

Sem mudança

Quem está em cima da tabela, diz que a pontuação das equipes não pode ser alterada. O Inter, líder isolado do torneio, com 50 pontos, não teme perder os três pontos conquistados graças à vitória sobre o Coritiba por 3 a 2. "Se for assim, todas as partidas apitadas por ele desde 1999 deveriam ser suspensas", afirmou o vice-presidente de futebol, Vitório Píffero.

Em São Paulo, o Corinthians, que pode ser o maior beneficiado caso os 11 jogos do Nacional sejam anulados, adotou uma postura cautelosa. Os jogadores estão proibidos de falar sobre o assunto, mas a diretoria disse que vai esperar o andamento das investigações pela Polícia Federal para saber se recorrerá. A equipe do Parque São Jorge teria sido prejudicada ao ser derrotada nos clássicos contra Santos e São Paulo.

"Ele (Edílson Pereira de Caravalho) não foi bem no jogo contra o São Paulo, mas não vamos tomar nenhuma atitude antes de analisar bem o caso e todos os seus desdobramentos", afirmou Paulo Angioni, diretor de esportes do MSI, grupo parceiro do Corinthians.

Dos grandes paulistas, o Palmeiras não teve nenhum jogo arbitrado por Edílson Pereira de Carvalho e vai assistir, de camarote, o desenrolar do maior escândalo de corrupção de arbitragem do futebol brasileiro.


Informações : Terra

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)