Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/11/2005 19:42

Clubes do Estado ressuscitam "liga paralela

Humberto Marques/Campo Grande News

Uma entidade esportiva está prestes a ser recriada, e já acende uma polêmica no futebol estadual. Amanhã, às 9h, a Nossa Liga (Liga de Futebol Profissional de Mato Grosso do Sul) realiza a escolha de sua nova diretoria, em eleição no plenarinho da Câmara dos Vereadores de Campo Grande. A entidade existe desde 2001, mas permaneceu inativa nos últimos anos. Por meio de sua assessoria, o representante da liga, Estevão Petrallas, destacou que o intuito é criar uma alternativa para o futebol sul-mato-grossense, especialmente nas categorias de base.

“Nosso intuito não é confrontar com o sistema atual do futebol do Estado, e sim trabalhar paralelamente. Vamos organizar competições, discutir os problemas dos clubes de forma horizontal, participativa e transparente”, destacou Petrallas. A escolha da nova direção se dará por consenso: tanto o presidente e o vice da entidade serão indicados pelos atuais participantes da liga – Esporte Clube Comercial, Operário Futebol Clube, Ubiratan Esporte Clube e Corumbaense Futebol Clube. Além da diretoria, serão escolhidos os membros do Tribunal de Justiça Desportiva e da Ceaf (Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol), conforme exige a Lei Pelé.

Petrallas considera que a Nossa Liga “dará a verdadeira representatividade para os clubes. Vamos proirizar as categorias de base para, como conseqüência, formar melhores profissionais. Aí sim, em médio prazo, poderemos falar em futebol profissional. Nossa proposta prevê orientação em gerenciamento de clubes, prestando, ainda, assessoria jurídica e técnica, resguardando a característica social de cada município”.

A proposta de refundação da liga foi apresentada ao Campo Grande News há uma semana pelo presidente do Esporte Clube Comercial, Luiz Ojeda. Na ocasião, ele pleiteou e conquistou (mesmo que de forma temporária, haja vista que a decisão acabou cassada) o direito de inserir o Colorado na Série A do Campeonato Estadual de 2006. Na ocasião, Ojeda declarou que a recriação da liga seria uma forma de dar outros rumos para o esporte no Estado.

Consultado sobre a criação da liga, o presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Francisco Cezário, lembrou que a liga enfrentaria alguns problemas para seu funcionamento, no que tange ao registro de clubes, “sendo este um trabalho da federação, ao menos para o futebol profissional. Espero que nenhum clube grande do Estado esteja filiado na liga, uma vez que a entidade não seria reconhecida pela Constituição no aspecto profissional do futebol”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)