Cassilândia, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

19/09/2018 09:40

Cliente que fez "gato" de energia é condenado a pagar R$ 6 mil a empresa

Campo Grande News

A Justiça negou pedido de indenização de cliente que teve a energia elétrica de casa cortada e ainda determinou o pagamento de R$ 6 mil depois da concessionária responsável constatar que irregularidade no medidor de energia, o chamado "gato". O caso ocorreu em Corumbá, a 419 km de Campo Grande.

Os desembargadores da 5ª Câmara Cível rejeitaram, por unanimidade, o pedido de indenização de R$ 10 mil devido ao corte do fornecimento de energia. A Energisa flagrou um fio que levava energia a casa sem passar pelo relógio medidor. A energia elétrica foi cortada por volta das 11h do dia 21 de novembro do ano passado. Após constatar o gato, a concessionária multou o proprietário em R$ 6.368,11.

A defesa do dono da residência tentou desqualificar as provas apresentadas e que o homem não foi responsável pela irregularidade.

O relator do processo, desembargador Luiz Tadeu Barbosa Silva, apontou que o dono da casa deve pagar os débitos referente à energia desviada. No entendimento do relator, o pedido de indenização por danos morais não tem fundamento diante do reconhecimento de fraude no sistema de fornecimento de energia elétrica.

“A interrupção do serviço em razão de dívida pretérita, apesar de irregular, deu-se em razão da existência de 'gato' na unidade consumidora do apelante, ou seja, todo esse imbróglio teve início com a conduta desleal do consumidor, não podendo ele ser beneficiado, sob pena de premiar àqueles que agem à margem da legalidade”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 14 de Dezembro de 2018
06:57
Cassilândia
Quinta, 13 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
03:34
Cassilândia
Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)