Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/11/2007 08:25

Cirurgia de redução de estômago pode não resolver

Agência do Rádio

O aumento das cirurgias de redução de estômago não trouxe só benefícios para quem é obeso. Como manter o peso depois da operação e como resistir as tentações, mesmo sabendo que o organismo não suporta certa quantidade de comida? São questões que incomodam aqueles que enfrentam a cirurgia conhecida como bariátrica. Quem se dispõe a fazer essa intervenção precisa ter muito cuidado com a alimentação e praticar exercícios físicos. Por causa da dificuldade em mudar o estilo de vida, muitos pacientes voltam a ganhar peso depois da cirurgia. De cada 100 pessoas operadas, 20 voltam a engordar depois de dois anos. Para o médico-cirurgião do aparelho digestivo Ronaldo Cuenca, o problema é que muitos pacientes se apoiam só na operação para tratar da obesidade.


"A operação da obesidade não é definitiva, ela não é cura da obesidade. Ela é um tratamento como qualquer outro tratamento que deve estar associado à mudança de estilo de vida. E as pessoas confiam só na operação. E a operação, com o passar do tempo, ela passa a não mais funcionar. Então, as pessoas precisam mudar também o estilo de vida. Se mudarem o estilo de vida e fizerem uma boa operação, com certeza serão magras para o resto da vida."

A cirurgia de redução de estômago é indicada apenas em dois casos: para pacientes que estão 45 quilos acima do peso ideal ou para aqueles que têm 35 quilos a mais e problemas de saúde causados pela obesidade, como hipertensão e diabetes. Antes da operação, é necessário fazer um acompanhamento nutricional e psicológico.

De Brasília, Cynthia Ribeiro



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)