Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/04/2011 05:30

Cirrose prejudica o crescimento de crianças

Agência Notisa

AGÊNCIA NOTISA – A ocorrência de cirrose hepática em crianças pode impactar significativamente o seu estado nutricional e, consequentemente, seu crescimento e desenvolvimento. Segundo uma pesquisa conduzida por Cristina Dornelles, nutricionista do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), a anorexia e o hipermetabolismo são aspectos clínicos importantes em crianças com doença hepática crônica. “Crianças com cirrose de evolução progressiva são frequentemente desnutridas e, no entanto, os métodos comumente empregados para avaliação nutricional têm uso limitado nestes pacientes”, dizem a pesquisadora e colegas do HCPA e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em um artigo publicado em 2010 na Revista HCPA.



A pesquisa “Terapia nutricional em crianças e adolescentes com cirrose: uma visão atual” mostra que a avaliação nutricional em crianças com cirrose hepática deve incluir uma completa história clínica e dietética, medidas antropométricas e parâmetros laboratoriais. Além disso, a recomendação nutricional pode variar de acordo com o estado nutricional, idade e quadro clínico.



O estudo explica que o fígado desempenha um papel essencial no processamento de nutrientes, hormônios, drogas e toxinas, além de atuar na síntese de substâncias metabolicamente implicadas na manutenção da homeostase corporal. “O órgão sintetiza proteínas plasmáticas, ácidos biliares e contribui com o sistema imunológico. Participa na regulação dos níveis plasmáticos e responde a estímulos hormonais e neurais que regulam a concentração de glicose”, explicam os autores.



Segundo a pesquisa, doenças hepáticas graves não apenas agravam a função hepática, mas também exercem consideráveis efeitos extra-hepáticos no metabolismo da glicose, dos lipídios e das proteínas. Por esse motivo, complicações nutricionais são frequentes quando a integridade hepática encontra-se comprometida.



“Em crianças e adolescentes, os acréscimos energéticos necessários para promover o crescimento, aliados à inapetência característica, tornam a desnutrição um problema ainda mais difícil de ser combatido”, explicam os autores no estudo.



Para ver o artigo na íntegra, acesse: http://seer.ufrgs.br/hcpa/article/view/12297/8895.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)