Cassilândia, Domingo, 19 de Maio de 2019

Últimas Notícias

27/02/2019 13:00

Cinco vereadores pedem Justiça gratuita em ação para receber 13º

Argumento é que, em 2017, STF decidiu que agentes públicos têm direito aos benefícios; três vereadores tentam receber valores retroativos a 2013

Campo Grande News

Cinco vereadores, incluindo o presidente da Câmara Municipal de Batayporã –a 311 km de Campo Grande– recorreram à Justiça para cobrar o recebimento de 13º salário e férias acrescidas de um terço constitucional. A tentativa de equiparação desses direitos trabalhistas do trabalhador comum já havia sido alvo de proposta para regulamentação no fim de 2017, mas foi arquivada por pressão popular.

A ação foi apresentada pelos vereadores Cícero Leite (PSDB), presidente da Câmara, e por Maurício Ribeiro (MDB), Cabo Máximo (MDB), Danilo Souza Enz (PSDB) e Nivaldo Pereira Moreira. O Jornal da Nova noticiou que, na petição, os cinco parlamentares apelaram à Justiça gratuita, já que “os requerentes não possuem renda e condições de arcar com as custas e demais despesas processuais, sem prejuízo do próprio sustento, conforme declaração de hipossuficiência econômica”.

A Câmara de Batayporã havia aprovado projeto reduzindo os vencimentos de seus vereadores em fevereiro de 2018, de R$ 5,8 mil para R$ 5,5 mil. À época, a alegação foi justamente a situação financeira da gestão local.

Os pagamentos do 13º e férias foram regulamentados em 2017 com voto favorável da maioria dos vereadores. Contudo, em meio a pressão popular, motivada pela crise econômica que nos últimos anos atingiu o município –assim como o Estado e o país, mas que em Batayporã resultou em fechamento de empresas e quedas nas receitas públicas.

STF – Na petição, os parlamentares reviveram o argumento de que o STF (Supremo Tribunal Federal), em julgamento de um recurso especial originado dos vereadores de Alecrim (RS) que teria efeito vinculante, reconheceu que prefeitos e vices têm direito de receber 13º salário e férias, acrescidos do terço constitucional.

A avaliação do plenário do Supremo, na ocasião, foi tomada por unanimidade, reconhecendo que tais benesses são direito de todos os trabalhadores, incluindo os agentes políticos. O voto dominante foi assinado pelo ministro Luís Roberto Barroso.

A cobrança apresentada pelos vereadores é direcionada à Prefeitura de Batayporã e, em um dos processos conferidos pelo Campo Grande News –movido por dois vereadores–, pede pagamentos retroativos a 2017, primeiro ano do mandato dos atuais integrantes da Câmara do município.

Já em outra ação sobre o mesmo tema, Cícero Leite, Máximo e Ribeiro pleiteam o recebimento das benesses de forma cumulativa desde 2013, quando exerceram mandato na Câmara pela primeira vez.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 19 de Maio de 2019
05:03
Campeonato Brasileiro de Futebol
Sábado, 18 de Maio de 2019
09:00
Santo do Dia
Sexta, 17 de Maio de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)