Cassilândia, Domingo, 22 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

28/02/2013 16:11

Cinco paraguaias e uma brasileira são resgatadas de prostíbulo

Nadyenka Castro, Campo Grande News

Cinco paraguaias e uma brasileira foram resgatadas de um prostíbulo, em Naviraí, a 366 quilômetros de Campo Grande, na madrugada desta quinta-feira. O dono do local foi preso.

Duas paraguaias procuraram a Polícia Civil e contaram que tinham sido agredidas pelo dono do ‘Bar das Paraguaias”, onde trabalhavam. Elas relataram que brigaram no local e que o dono as havia mandado embora de lá.

A PM (Polícia Militar) foi chamada, foi ao comércio e o proprietário, de 31 anos, confirmou que as mulheres trabalhavam no local.

Segundo a PM, as duas inicialmente declararam que tinham sido aliciadas para prostituição, mas, depois negaram.

Diante da situação, os três foram encaminhados à PF (Polícia Federal), sendo verificado que o bar era um prostíbulo com seis mulheres mantidas em trabalho análogo à condição escravo.

As seis mulheres, sendo cinco paraguaias, foram libertadas. As estrangeiras estavam com documentação irregular e foram notificadas a deixar o Brasil.

O dono do bar foi preso em flagrante pela PF por tráfico internacional de pessoas, rufianismo (tirar proveito da prostituição), manter casa de prostituição e ter trabalhadores em condição análoga à escravidão. A esposa dele foi indiciada pelos mesmos crimes, mas, não foi presa porque não houve flagrante.

Conforme a PF, as prostitutas tinham que pagar por roupas que utilizavam para trabalhar e pela hospedagem. Além disso, os comerciantes eram quem recebiam os pagamentos pelos programas, não repassando o valor total.

No Brasil, a prostituição não é crime, mas, a exploração é.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)