Cassilândia, Quarta-feira, 26 de Abril de 2017

Últimas Notícias

27/12/2003 09:55

Cimento à base fibras vegetais é brasileiro

Mauricio Cardoso/ABr

Desenvolvido pelos Departamentos de Zootecnia e de Construção Civil da Universidade de São Paulo (USP), o fibrocimento - mistura de fibras vegetais de madeiras e plantas na massa de cimento - está conquistando o mercado brasileiro e substituindo materiais de construção produzidos com amianto, como telhas e caixas d’água.

A tecnologia do fibrocimento utiliza resíduos de fibras vegetais de madeiras -pinho e eucalipto-, e de não-madeiras - sisal, bananeira e coco - como matéria-prima para reforçar os materiais cimentícios. A mistura garante maior durabilidade e resistência a cargas dinâmicas, como chuva de granizo, por exemplo. “O reforço das fibras representou uma melhoria significativa do desempenho mecânico e da durablidade desses materiais”, afirma o professor e coordenador do projeto, Holmer Savastano Junior.

Outros tipos de biomassa também estão sendo estudados para futura utilização como substitutos do cimento Portland convencional, como a escória de alto-forno e cinzas de casca de arroz e de bagaço de cana-de-açúcar.

Para os pesquisadores, a utilização do fribrocimento na fabricação de outros produtos, como divisórias, painéis, forros e pisos é apenas uma questão de tempo. Além da versatilidade demonstrada pelo produto, o Brasil, como um país tropical, possui grandes estoques de matéria-prima.

(com informações da Agência USP)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 26 de Abril de 2017
Terça, 25 de Abril de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)