Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

04/05/2007 10:53

Cidades maiores são entrave para redistribuição do ICMS

Paulo Fernandes - Campo Grande News

Sem conseguir chegar a qualquer definição, comissão de seis prefeitos participou ao longo da tarde de hoje de uma reunião com deputados na presidência da Assembléia Legislativa para discutir a redistribuição de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) entre os municípios. Prefeitos de cidades com maior receita como Campo Grande e Três Lagoas não aceitam perder repasses para ajudar municípios menores, que querem a revisão.

Prefeitos de Campo Grande e de Três Lagoas, respectivamente, Nelson Trad Filho e Simone Tebet (ambos PMDB) concordam que a readequação do índice deveria valer só a partir de 2008, após o mandato deles. Simone alega que parte do dinheiro já está comprometido. Trad Filho critica “mudanças de regra no fim do jogo”.

Para o prefeito da Capital, a solução para o problema de receita dos pequenos municípios deveria passar pelo Governo do Estado e pela Assembléia Legislativa. “A situação não está boa para ninguém”, afirma Trad Filho. Algumas prefeituras recebem entre R$ 50 mil e R$ 60 mil de repasse de ICMS, valor considerado muito pequeno.

A proposta- O deputado estadual Júnior Mochi explica que as discussões caminham para a criação de mais um critério para a divisão do ICMS. Pela proposta, que ainda não foi aceita pelos prefeitos em sua maioria, 3 pontos percentuais dos 25% que são distribuídos entre os municípios seriam reservados e direcionados para os 31 municípios que recebem repasse valor abaixo da média e que não foram beneficiados por nenhum outro critério de divisão do repasse como o ICMS Ecológico, por exemplo. Entre as cidades que seriam beneficiadas com esse novo critério estão Anastácio, Pedro Gomes, Aquidauana e Ladário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)