Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/03/2015 07:35

Cidade se destaca na geração de empregos em janeiro

Bolsão MS

Enquanto que a maior parte dos municípios sul-mato-grossenses fechou o primeiro mês do ano com alto índice de demissões, Chapadão do Sul, Cassilândia e Aparecida do Taboado se destacaram na geração de empregos na Região do Bolsão.

Dos dez municípios que compõem a Costa Leste de Mato Grosso do Sul, apenas três obtiveram saldo positivo na geração de empregos formais – Inocência teve saldo positivo com nove novos postos de trabalho.

Segundo informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a liderança, porém, ficou com Chapadão do Sul. O município, campeão em índice de qualidade de vida, registrou, em janeiro, o total de 492 contratações, contra 405 desligamentos, o que rendeu um saldo positivo de 87 novos empregos com carteira assinada em todos os setores.

O setor agropecuário foi um dos que mais se destacou, com a contratação de 84 novos trabalhadores. Em seguida, aparecem serviços, com 12 novos postos de trabalho formais, comércio, com 18 e indústria da transformação, com sete vagas a mais no estoque. O saldo total, no entanto, só não foi melhor por conta do comportamento da construção civil, que apresentou saldo negativo de 34 vagas fechadas.

Os dados do Caged mostraram ainda que o a ocupação de trabalhador volante da agricultura foi a mais procurada em janeiro – 39 contratações a mais nesta área -, seguida pela função de trabalhador agropecuário geral, 21 novos postos de trabalho.

Em 2014, a cidade chegou a gerar 294 novos postos de trabalho a mais no estoque. Ao todo o município, havia contratado 5.231 trabalhadores com carteira assinada e demitido outros 4.937.

Mas, o Chapadão do Sul não foi o único município a se destacar na geração de empregos no Bolsão, após a estagnação da economia em Três Lagoas. Aparecida do Taboado e Cassilândia também conseguiram apresentar saldo positivo na geração de empregos, tanto em 2014 quando no início deste ano.

Em janeiro, Cassilândia registrou saldo positivo de 46 novos empregos com carteira assinada (276 admissões contra 230 desligamentos). O comportamento foi semelhante ao de Aparecida do Taboado, responsável pela criação de 45 novas vagas no estoque de empregos formais, ao registrar 396 admissões, contra 351 desligamentos. Os dados do Caged mostraram que a construção civil, diferentemente do que vem ocorrendo no restante do país, foi a que mais contratou. Ao todo, o segmento gerou 57 novos postos de trabalho no primeiro mês do ano. Em seguida, aparece a indústria da transformação, com 19 novas vagas e o setor de serviços, com 16 postos de trabalho a mais no estoque. O resultado foi reduzido, no entanto, por conta do comportamento do comércio, que fechou 31 postos de trabalho, e pela agropecuária, que registrou 16 postos de trabalho fechados no mês passado.

Em Aparecida, a ocupação mais procurada no primeiro mês do ano foi a de alimentador de linha de produção. Foram criadas 25 vagas para esta função. Em segundo ficou a ocupação de pedreiro de edificações, com 17 novos empregos em um único mês e o trabalhador na confecção de calçados, com 15 novas vagas.

Em 2014, a cidade havia conseguido manter o alto índice de contratações e encerrou o ano com 267 novas vagas em estoque.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)