Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/06/2015 18:00

Cidade de MS funcionava como núcleo de fornecimento de drogas, diz PF

Mariana Rodrigues, Campo Grande News

Após investigações que resultaram na Operação Ferrari, a Polícia Federal descobriu que a cidade de Mundo Novo, distante 476 km de Campo Grande, funcionava como um dos núcleos de fornecimento de drogas. A operação foi deflagrada para desarticular organização criminosa de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro em MS e outros 4 Estados.

Conforme as investigações, a organização criminosa comercializava a droga, procedente do Peru e da Bolívia. Após entrar no País, através da fronteira do Paraguai com o Brasil, a pasta base de cocaína era transportada pelos estados de Mato Grosso do Sul e Paraná para posterior refino. Os traficantes se passavam por empresários dos ramos de postos de combustíveis, de transporte e de revenda de veículos.

A operação desencadeada na manhã desta segunda-feira (15), cumpre 49 mandados judiciais, destes apenas quatro não foram cumpridos, sendo que dois são de Mundo Novo, onde duas pessoas se encontram foragidas.

As cidades alvo da operação são Mundo Novo, em MS, Londrina, Cambé, Arapongas, São Jerônimo da Serra e Porecatu, no PR. Também Osasco, Indaiatuba, Hortolândia, Salto, Sumaré, Araçoiaba da Serra e Campinas, em SP, Salvador, na BA e Aquidabã, no SE.

O nome da Operação é em alusão ao estilo de vida luxuosa que os criminosos mantinham como casas em condomínios de alto padrão na cidade de Londrina (PR), empresas para lavagem de dinheiro, automóveis importados e embarcações de luxo, tudo adquirido com o dinheiro do tráfico internacional de drogas.

Balanço - Já foram apreendidos R$ 634 mil em dinheiro, R$ 460 mil em cheques. A Polícia Federal apreendeu também 42 veículos de luxo e dois reboques, 27 caminhões, duas motos importadas de luxo, 37 celulares, uma arma de fogo, 91 relógios e joias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)