Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/01/2006 11:30

Chuvas e tempo quente aumentam incidência de carrapatos

Campo Grande News/ Inara Silva e João Prestes

O calor e as constantes chuvas que têm atingido Campo Grande contribuíram para a proliferação de carrapatos em cachorros da cidade. Segundo veterinários, este ambiente é o ideal para a reprodução, mas neste ano, a proliferação está mais intensa e o movimento em pet shops teve aumento significativo. Só na loja Patas e Pelos, no bairro Santo Antônio, a cada 10 animais atendidos, nove têm apresentado o parasita. O atendente André Garciano disse que o movimento tem aumentado nos últimos dias, sobretudo da venda de produtos para eliminar os parasitas.
Em geral os procedimentos são banhos medicinais nos cães e dedetização do ambiente. “Se não desinfetar o local, o animal não fica livre da praga”, afirmou. As lojas oferecem desde produtos para banho como coleiras e um líquido chamado Front Line, aplicado na nuca do animal e que se espalha pelo corpo. Uma dose não custa menos de R$ 30,00 e tem duração de um mês. A loja atende média de 80 animais por semana.
A veterinária Noemi Menezes de Resende Aquino, da Pet Shop Arcy, confirmou a ocorrência da praga está mais freqüente nos últimos dias. A profissional reafirmou que o clima favorece, porém acredita que não há motivos para se espantar. Ela frisou que os proprietários devem ficar atentos, uma vez que o carrapato pode transmitir doenças aos cães e até aos seres humanos. Entre as doenças, que atingem os animais em função da picada do carrapato, estão a babese e a erlichiose, que debilitam o animal até levá-lo à morte.
A veterinária do Centro de Controle de Zoonoses Iara Helena Domingos tem a mesma opinião de Noemi Menezes e informou que a incidência do carrapato não é atípica. Porém, ressaltou que muitas pessoas demoram para tratar o animal e fazer o combate do parasita.
A médica recomendou que o combate seja feito em dois mecanismos: a limpeza do ambiente e do animal. No primeiro caso, ela recomenda desinfecção com carrapaticida no quintal e casinha do cão. Já no cachorro, a orientação é o uso de medicamento e a higiene dos pelos. Iara esclareceu que o carrapato canino é diferente do carrapato-estrela, aquele que ficou famoso por ser causador da febre maculosa. “O carrapato-estrela não dá em cães”, informou a médica, ao esclarecer que pode vir a parasitar o animal, mas que é caso raro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)