Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/09/2013 04:26

Chiquititas

Bruna Girotto

Ernestina estranha Bia, Pata e Rafa parados na porta do banheiro. Os órfãos tentam despistar Ernestina, mas a zeladora insiste em entrar no lugar. Mili, Ana e Tati se escondem a mascote no boxe. Ao ver o local todo bagunçado, Ernestina pensa que as crianças estavam escondendo apenas a bagunça do banheiro. No quarto das meninas, Cris, Ana e Mili terminam de arrumar a nova mascote. Carmen chega ao orfanato e não gosta de ver Vivi e Binho no portão da casa e pede para que os dois entrem. Binho e Vivi avisam aos amigos que Carmen chegou. Ernestina entra no quarto e chama os pequeninos para descerem para a sala. Ana esconde a cachorra Pipoca no meio de seus bichos de pelúcia. A zeladora estranha o comportamento dos órfãos. Ernestina sente um cheiro diferente no quarto das meninas. Os pequeninos deixam Pipoca no local e descem para a reunião com Carmen na sala. O que eles não percebem é que esqueceram a porta aberta. A megera diz que um casal de franceses irá visitar o orfanato com a intenção de adotar um deles. A nova diretora diz que irá começar a prepará-los para terem bons modos. Na sala, a diretora dá aula de francês para os órfãos. Carmen se irrita com as crianças por não estarem levando a sério a aula. No quarto das meninas, Pipoca explora o lugar e sai pela porta que ficou aberta. A cachorra desce as escadas da sala. Mili vê Pipoca e tenta se levantar, mas Carmen não permite. As crianças percebem o que está acontecendo e se preocupam. A mascote corre para outro lugar do orfanato. Carol leva para a sala os lanches que Chico preparou e Mili entrega para a moça um bilhete. A ajudante vai para o pátio e lê o papel que diz: “Tem uma cachorrinha perdida no orfanato, esconde ela rápido”. Surpresa, Carol não acredita que as crianças estejam escondendo uma cachorra e sai para procurar o animal. A ajudante acha Pipoca e fica encantada. Carol tenta passar escondida pela cozinha e Chico, que questiona o que ela está segurando. A ajudante mostra ao cozinheiro o filhote. Os funcionários se preocupam, mas tentam ajudar os órfãos. Chico dá a Carol um cesto para fazer de cama para Pipoca e a colocam no pátio. Carmen chama Carol e pede que ela ajude a organizar a próxima atividade das crianças que será no pátio. Sem saber o que fazer, a funcionária diz que o lugar está sujo e que não tem condições dos órfãos irem pra lá. Carmen diz que as crianças vão cumprir os horários que ela propôs para as atividades e que depois Carol poderá limpar o pátio. A ajudante conta a Mili e Cris que Pipoca esta no pátio. Os órfãos correm para o lugar e Carmen começa a dar aulas de exercícios físicos. Mili diz a Bia que Carol precisa conseguir tirar Pipoca do local, pois se Carmen a ver vai ficar furiosa. Enquanto Carmen dá a aula, a megera escuta um choro e questiona as crianças. Binho finge que ele está chorando. Carmen propõe as crianças a fazer meditação. Carol consegue pegar Pipoca sem que a vilã perceba. Carmen começa a espirrar sem parar. Com Pipoca escondida em sua blusa, Carol corre para dentro do orfanato para arrumar um novo lugar. Na cozinha, a ajudante conta a Chico que eles precisam arrumar um novo esconderijo. Durante a aula de meditação, Rafa dorme e Carmen se irrita. A megera vai acordá-lo e sem perceber pisa no cocô da cachorra. A nova diretora começa a sentir um cheiro ruim e ao olhar o seu sapato fica furiosa. Os órfãos tentam despistar Carmen, mas não conseguem enganá-la. A vilã pergunta se os órfãos estão escondendo algo dela e as crianças dizem que não. A nova diretora grita por Carol e Chico e os dois na cozinha temem o que a megera quer. A ajudante pede para o cozinheiro ir na frente, pois ela irá tentar esconder Pipoca na parte de cima do orfanato. Ao tentar sair da cozinha, Carol se depara com Ernestina que ao ver Pipoca questiona sobre o filhote. A ajudante diz que a nova mascote pertence às crianças. A zeladora lembra Carolina que é proibido animais na casa e diz que terá que contar a Carmen. A ajudante pede para Ernestina não fazer isso. No pátio, Chico e a zeladora vão falar com a diretora. A megera pergunta de Carol e eles dizem que a funcionária foi checar a limpeza dos quartos e dos banheiros. A diretora pergunta a Chico e Ernestina se tem algum animal no orfanato. O cozinheiro diz que não viu nenhum bicho no lugar. Carmen revela a todos que tem alergia aos pelos felinos e caninos e que seu nariz esta coçando muito. A megera diz que se algum animal entrou no orfanato, todos precisam encontrá-lo e limpar toda a casa. Carmen cancela a aula e as crianças comemoram. Os pequeninos correm para o quarto das meninas a procura de Pipoca. Carol entra no lugar e exige explicações das crianças. Os órfãos explicam que encontraram Pipoca perdida no pátio e resolveram cuidar dela. A ajudante os questiona sobre quanto tempo pretende escondê-la pelo orfanato. As crianças dizem que vão tentar proteger a mascote. Carol diz que Carmen já está desconfiada. As chiquititas pedem para a funcionária não contar nada. Carol promete guardar segredo. Anoitece e as meninas se preocupam, pois Pipoca não para de chorar. Ernestina reclama. As garotas tentam acalmar a zeladora. Ana pega Pipoca para dormir em sua cama. Na cozinha, Ernestina reclama com Chico sobre a mascote. O cozinheiro tenta convencer a zeladora a manter segredo. Ernestina fica preocupada com a situação. Na mansão da família Almeida Campos, Carmen está com muita alergia e Valentina busca os medicamentos para que a vilã melhore. No dia seguinte, as crianças se preocupam com Pipoca e de Carmen a colocá-la para fora do orfanato.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)