Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/04/2005 12:23

China pode ajudar Brasil em novos usos do bambu

Valtemir Rodrigues/ABr

Uma parceria os governos brasileiro e chinês pode ajudar o Brasil a desenvolver novas utilidades para o bambu. O acordo entre os dois países foi reafirmado pela ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, em encontro com o presidente da Academia Chinesa de Florestas, Jiang Zehui. Pelo acordo, os chineses ajudam a desenvolver pesquisas sobre novos usos para as espécies nativas brasileiras. Com isso, muitas peças hoje feitas em madeira poderão ser substituídas pelas de bambu.

Em janeiro de 2003, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) firmou carta de intenções com a Academia Chinesa de Florestas com o objetivo de criar e implementar o Programa Brasileiro de Bambu.

Segundo o diretor o Programa Nacional de Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Tasso Azevedo, ainda não existe no Brasil uma cultura de utilização do bambu, assim como há no artesanato, embora seja um material barato e fácil de manusear. "A gente não tem a cultura da utilização do bambu. A gente pensa no bambu e lembra, talvez, da vareta pra fazer a pipa, ou coisa parecida", afirmou Azevedo em entrevista à Rádio Nacional da Amazônia.

Tasso Azevedo disse que o bambu já é utilizado na produção de celulose, na indústria de papel, mas pode ser usado de outras formas para produção de artefatos. "O que é interessante é que o bmabu é muito barato para plantar, colher e manusear". O manuseio é muito simples e pode proporcionar um processo de inclusão social muito forte, como se faz com o biodiesel, por exemplo, destacou Azevedo.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que o setor florestal está em segundo lugar no ranking das exportações do agronegócio brasileiro, com cerca de US$ 6 bilhões em 2004. Segundo o IBGE, os cinco milhões de hectares de florestas plantadas equivalem a somente 3,2% de toda a área agricultável em todo país.

Um relatório das Nações Unidas, divulgado em março de 2004, diz que metade das 1,2 mil espécies de bambu do planeta, incluindo um tipo brasileiro, corre risco de extinção. O Brasil é o país com maior número de tipos de bambu da América Latina, com mais de 130 espécies. De acordo com as Nações Unidas, a principal ameaça ao bambu é o desmatamento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)