Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/08/2010 16:41

Chilenos devem ficar 30 dias a menos em mina e cinco apresentam sintomas de depressão

Mariana Jungmann, Agência Brasil

Brasília – Os 33 trabalhadores soterrados em uma mina no Chile há 22 dias podem conseguir sair de lá um pouco antes dos quatro meses previstos. Segundo informações da BBC Brasil, as autoridades do país estudam alargar um dos três dutos que está sendo usado para ventilação do abrigo onde estão os mineiros, a quase 700 metros de profundidade. Com isso, eles conseguiriam sair de lá cerca de 30 dias antes do previsto.

Os dutos são usados, além da ventilação, para comunicação e entrega de alimentos e água. A ideia agora é usar o último deles para tentar fazer o resgate dos trabalhadores. Mesmo que não seja possível retirá-los de lá com a ampliação do duto, os mineiros passariam a receber mais ventilação, o que melhora a condição do local onde estão, que tem altas temperaturas e muita umidade.

De acordo com a BBC, cinco deles já apresentam sinais de depressão e devem ser tratados por psicólogos que usarão um interfone para se comunicar. Eles receberão ajuda de médicos da Agência Espacial Norte Americana (Nasa) espacializados em lidar com astronautas que ficam muito tempo confinados, e estão sendo orientados a usar a iluminação enviada, conforme o dia e a noite. Além disso, os parentes também estão enviando mensagens frequentemente para ajudar a animar os trabalhadores soterrados.

Enquanto isso, o plano inicial de perfurar um túnel de 60 a 70 centímetros deve começar. Durante meses, uma broca fará a perfuração para passar a cápsula que fará o resgate dos mineiros. Eles ficaram presos sob a terra depois que o principal túnel de acesso à mina se fechou, após um desmoronamento. Duas semanas depois, uma sonda conseguiu trazer à superfície um bilhete dos trabalhadores. Eles estão soterrados desde 5 de agosto e a previsão inicial é que consigam ser retirados do buraco no Natal.

Edição: Talita Cavalcante

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)