Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/02/2004 08:06

Chegada do corpo de missionária ainda não tem data

Shirley Prestes/ABr

Porto Alegre - O corpo da missionária gaúcha Doraci Edinge, de 53 anos, está no Hospital Central de Nampula, em Moçambique, e deve ser transferido para uma instituição militar, onde ficará até o traslado para o Brasil, ainda sem data prevista.

A missioinária foi encontrada morta em seu apartamento na cidade de Nampula, em Moçambique, onde prestava serviços pastorais e sociais para comunidades pobres desde 1998. O corpo foi localizado terça-feira, mas a polícia tem indícios de que a religiosa teria sido assassinada no último sábado.

A Embaixada Brasileira em Moçambique está providenciado a documentação necessária para que a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) providencie o traslado do corpo.

Segundo o presidente da igreja, pastor Walter Altmann, nos últimos três anos a religiosa tinha seu trabalho dificultado e recebia ameaças de morte. Em relatório enviado ao Brasil em 2002, a diaconisa denuncia as pressões que sofria. "Sei que realizei muitas coisas, mas podia ter sido melhor e com mais eficácia se não fosse por causa de tantas ameaças e sofrimento".

Irmã Doraci era natural de São Francisco de Paula e pertencia à Casa Matriz de Diaconisas, localizada em São Leopoldo. Segundo sua família, em Novo Hamburgo, região Metropolitana de Porto Alegre, o último telefonema de Doraci Edinger ocorreu há cerca de um mês.

“Conversamos durante uma hora. Ela parecia ansiosa para esse encontro com integrantes da Igreja em Beira. Queria resolver os problemas de segurança, mas procurava não nos preocupar com isso”. A revelação foi feita por Alenir Bertoldo Edinger, 47 anos, que com sua irmã, Marilene Edinger Michel, 43 anos, aguarda informações sobre os motivos do crime.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)