Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/01/2007 20:23

Chega ao Supremo HC de ex-prefeito de Barretos

STF

O médico e ex-prefeito de Barretos (SP), Uebe Rezeck, impetrou Habeas Corpus (HC 90382), com pedido de liminar, no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi denunciado por desobediência à decisão judicial, com base no Decreto-lei 201/67 (artigo 1º, inciso XIV, segunda parte), que dispõe sobre a responsabilidade dos prefeitos e vereadores.

O habeas contesta decisão desfavorável ao ex-prefeito no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Lá, ele impetrou HC contra ato da 6ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo (TJ-SP) que, por votação unânime, recebeu a denúncia e determinou ao magistrado de primeira instância a realização da instrução.

A defesa alega que houve desrespeito à lei federal vigente, “pois privou o paciente da manutenção da competência especial gerada pela prerrogativa de função prevista na Constituição Federal (art. 29, X) e no Código de Processo Penal (art. 84, parágrafo 1º)”. Acrescenta que foi denunciado perante o TJ-SP por infração, em tese, cometida durante o exercício funcional, pois era prefeito do município de Barretos, o que lhe garantiria o direito de ser julgado pela Corte estadual.

O relator no STJ ressaltou que a jurisprudência da Corte “é assente quanto à prevalência do foro distinto, reservado a titulares de mandato eletivo, mesmo após seu término, nos termos do que dispõe o art. 84 do CPP, com a redação que lhe conferiu a Lei nº 10.628/02”.

No HC 90382, em tramite no STF, a defesa requer que seja determinado julgamento no prazo de 30 dias do HC 43.995, em curso no TJ-SP.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)