Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/01/2008 20:33

Chega ao Supremo ação do DEM contra aumento da CSLL

STF

Conforme havia anunciado ontem (8), quando ajuizou a ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o aumento do IOF, o Democratas ajuizou hoje no Supremo nova Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4003), desta vez contra dispositivos da Medida Provisória (MP) 413/2008, publicada em 3 de janeiro, que aumentou de 9% para 15% a alíquota da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) para pessoas jurídicas de seguros privados.

De acordo com a ação, a MP questionada altera o artigo 3º da Lei 7.689/88, que criou a CSLL, e determina que a contribuição, já com o aumento, comece a ser cobrada “a partir do primeiro dia do quarto mês subseqüente ao da publicação da Medida”. Para o partido, ao editar a MP 413/2008, o governo teria violado o princípio constitucional da irretroatividade tributária, uma vez que a majoração “não poderia ser aplicada a fato gerador anterior à vigência da nova norma”. Isso porque a CSLL é calculada com base no exercício do ano anterior, explica o Democratas.

O DEM lembra que em decisões anteriores o Supremo acabou por restringir a aplicação do princípio da irretroatividade. Para o partido, no entanto, o STF devia rever essa orientação. Ao admitir a tributação sobre fatos já ocorridos, mesmo que combinados com outros por ocorrer, sustenta a agremiação, não se dá ao contribuinte o direito de saber exatamente os tributos que terá que recolher sobre as suas atividades.

Caixa

Após entregar a ação no protocolo do STF, o deputado federal Osório Adriano (DF), secretário-geral do partido, afirmou que a CSLL é uma contribuição com preocupações sociais. Para o parlamentar, o governo estaria se utilizando dessa contribuição para fazer caixa. “O governo está querendo suprir aquilo que a CPMF tirou, o que é inteiramente inconstitucional, porque se é social, não é para se fazer caixa”, frisou Osório Adriano. Para o partido “está claro que os bancos vão repassar o aumento para os correntistas”.

Pedido

A ação pede liminarmente a suspensão da norma, até o julgamento final da ADI. E, no mérito, que o STF declare a inconstitucionalidade do artigo 17 e a inclusão deste artigo no preceito constante do inciso II do artigo 18 da MP 413/2008. O DEM ressalta, porém, que se os ministros não entenderem que a norma é inconstitucional, que alternativamente decidam pela não incidência do aumento da CSLL para os anos-base de 2007 e 2008.

Como não acontece a distribuição de processos durante as férias forenses, a ação só terá um relator no início do ano judiciário, em fevereiro. Até lá, as duas ADIs do Democratas, bem como todos os processos que chegam ao Supremo, permanecem sob a responsabilidade da presidente do STF, ministra Ellen Gracie.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)