Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/07/2011 18:32

Chapadão do Sul: vereadores são investigados

MP/MS

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio da Promotoria de Justiça da comarca de Chapadão do Sul, entrou com ação civil pública por prática de atos de improbidade administrativa contra os vereadores Flávio Teixeira Sanches, Maiquel de Gasperi, Elso Gilmar Bandeira e Nilzete Pereira Ribeiro, e os ex-vereadores Eduardo Belotti e José Humberto Freitas da Câmara Municipal de Chapadão do Sul.

A ação proposta pelo Promotor de Justiça, Marcus Vinicius Tieppo Rodrigues, é fundamentada em apurações iniciadas no segundo semestre de 2010. Conforme o processo, neste período houve a utilização irregular de verbas públicas, mais precisamente as ditas indenizatórias e também a prática de atos de improbidade administrativa porque pagaram com dinheiro público contas particulares. Dentre estas contas estão: Abastecimento de combustível em veículo particular; Pagamento de revisão em veículo particular; Pagamento de contas telefônicas particulares sem discriminação das chamadas e também custeamento de informes pessoais na mídia.

O Promotor de Justiça pede que os atos de improbidade resultem na suspensão dos direitos políticos dos envolvidos, na perda da função pública, na indisponibilidade dos bens e na devolução aos cofres públicos dos valores atualizados.


Informações fornecidas pelo site do Ministério Público de MS

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)