Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/08/2011 13:58

Chapadão do Sul: Ministério Público aciona vereadores

Aline dos Santos, Campo Grande News

Vereadores de Chapadão foram denunciados pelo MPE. A justiça determinou a suspensão do pagamento de verba indenizatória a quatro vereadores de Chapadão do Sul. A decisão também contempla dois ex-vereadores.

Contra eles, pesam denúncia de utilizar o dinheiro publico na revisão de carro, autopromoção na mídia, inclusive com pagamento à imprensa de Goiás, abastecimento de veículo e pagamento de conta telefônica sem discriminação das chamadas.

O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou os vereadores Flávio Teixeira Sanches (PT), Maiquel de Gasperi, Elso Gilmar Bandeira (PMDB) e Nilzete Pereira Ribeiro (PTN), e os ex-vereadores Eduardo Belotti e José Humberto Freitas. A antecipação de tutela foi concedida pela juíza Luciane Buriasco de Oliveira.

Por mês, cada parlamentar dispõe de R$ 3.500 para ressarcir o valor pago com recurso particular no exercício do cargo, a bem do interesse público.

A denúncia aponta ainda o aumento do gasto no Poder Legislativo. Em 2009, a Câmara devolveu R$ 1,3 milhão para a prefeitura de Chapadão do Sul. Já no ano passado, a devolução caiu para R$ 7 mil.

Conforme o MPE, em um ano a Câmara gastou R$ 408 mil em publicidade, o equivalente 748 salários mínimos. A Casa de Leis tem contrato para divulgação.

Mas os vereadores também destinam recursos da verba indenizatória para publicidade, incluindo sites e jornais das cidades goianas de Serranópolis e Chapadão do Céu.

Conforme a denúncia, Maiquel de Gaspari pagou a revisão do seu carro, um Nissan Sentra, com a verba indenizatória. O serviço custou R$ 669,70. Já Flávio Teixeira é acusado de usar o dinheiro público para a autopromoção, com a confecção de cartões de Natal, Ano Novo, além de outdoor.

O promotor Marcus Vinicius Tieppo Rodrigues também questiona justificativa de gasto apresentada pela vereadora Nilzete Ribeiro. “Chama a atenção o fato de que em um destes abastecimentos foram adquiridos quase setenta e um litros de combustível e até onde sabemos, referida vereadora possui um automóvel “GM Corsa”, cujo tanque de combustível é incompatível com este volume”, salienta o promotor.

Entre agosto e dezembro de 2010, Nilzete Ribeiro gastou R$ 11 mil em verba indenizatória, Elso Bandeira (R$ 2.670), José Humberto (R$5.400), Maiquel de Gasperi (R$ 13.306), Flávio Sanches (R$ 12.278) e Eduardo Belotti (R$ 13 mil). Os vereadores dizem que irão recorrer.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)