Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/04/2011 17:41

Chapadão do Sul é o sexto em exportação no Estado

Henrique de Matos, Diario MS

As exportações continuam em alta em Mato Grosso Sul. Acompanhando o bom desempenho apresentado no ano passado, o Estado apresentou no primeiro trimestre de 2011 um crescimento de 60,23% no volume de negócios com o mercado exterior, se comparado com o mesmo período de 2010.


Conforme dados da Balança Comercial Brasileira, divulgados ontem pelo Ministério do Desenvolvimento, foram US$ 692.215.616 em remessas ao exterior entre os meses janeiro e março. Com esse montante, as exportações alcançaram uma média diária US$ 7,6 milhões em MS. No mesmo período do ano passado, o total comercializado pelo Estado com o mercado internacional foi de US$ 432.011.735.


Apenas em março, as remessas de produtos do Estado ao exterior atingiram o volume de US$ 337,8 milhões, o que representa um crescimento de 55,7%, se comparado com os US$ 216,9 negociados com o mercado internacional no mesmo período do ano passado.

MUNICÍPIOS

Puxada pelas remessas de celulose, Três Lagoas continua liderando o ranking entre os municípios exportações no primeiro trimestre. Os negócios com o mercado internacional atingiram US$ 159 milhões entre janeiro e março. Já os minérios fizeram Corumbá voltar a ocupar posição de destaque nas exportações sul-mato-grossenses e assumir o segundo lugar, no trimestre. O município exportou ao mercado internacional US$ 89,7 milhões.


Campo Grande, que tem a carne como principal produto da pauta, aparece em terceiro lugar, com negócios de US$ 89 milhões. Sidrolândia ficou em quarto lugar, com remessas que atingiram US$ 34,1 milhões.


Dourados aparece em quinto no ranking dos municípios exportadores, com um volume de negócios de US$ 29.763.997, o que representa um crescimento de 104,6% no comércio com o mercado internacional em relação ao mesmo período do ano passado. No primeiro trimestre de 2010, o município negociou com o exterior um montante de US$ 14.546.257.


Logo após Dourados, aparece Chapadão do Sul, com US$ 27,3 milhões, seguido de Naviraí, com US$ 23 milhões e Batayporã, com US$ 17 milhões.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)