Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/11/2007 10:31

Chapadão deve ficar fora do próximo Estadual de futebol

A Serc, time do Chapadão do Sul, deve ficar fora do próximo Estadual de Futebol. Segundo o site Jovem Sul News, a diretoria não concordou com as decisões tomadas pela direção da Federação de Futebol de MS, inclusive com o acesso de diversos times da Série B.

O site ainda diz que o clube participante precisa pagar a taxa da Federação e da CBF de R$4.800,00, mais R$300,00 para cada jogador inscrito no campeonato. No caso de transferência de outra federação ainda há acréscimo de R$300,00 para a CBF.

Nessas condições a SERC, Sociedade Esportiva Recreativa Chapadão, estaria fora da disputa. Relata o presidente
SERC Ijair Irael Tomquelski que ainda não fechou as contas da última campanha e que não vê condições financeiras para continuar no campeonato.

Em outros estados há ajuda oficial dos governos. É o caso de Goiás e Mato Grosso. Começam os clubes com ajuda financeira de R$100 mil e há premiação expressiva para os primeiros colocados.

Em Mato Grosso a premiação para o campeão da Taça Governador, por exemplo, foi de R$300 mil e para o vice-campeão de R$150 mil, além de apoio durante o campeonato.

Outros estados promovem a valorização da nota fiscal que é trocada por ingressos para os jogos. Ganha o estado com aumento de arrecadação e o esporte com incentivo ao torcedor para ir aos estádios.

Mato Grosso do Sul, por outro lado, gasta enormes quantias com outros eventos menos populares e esquece o futebol, esporte de massa, capaz de trazer multiplicação de riqueza, empregos e lazer para a população.

Da imprensa o apoio é insignificante, principalmente da televisão, capaz de motivar os torcedores e a população para se envolver no campeonato.

Do governo do estado não se espera nada, pelo menos para 2008. A informação é do prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa, amigo pessoal do governador André Puccinelli.

Ijair e a diretoria da SERC fizeram as contas preliminares. Precisa o clube de R$30 mil mensais para arcar com a campanha, valor impossível de se conseguir em Chapadão do Sul.

Nessas condições, a SERC, duas vezes campeã sul-mato-grossense, que já trouxe para o estado na Copa do Brasil times do porte do Grêmio e do Internacional de Porto Alegre, não participará do Estadual de 2008.


Com informações do Jovem Sul News

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)