Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/07/2006 14:46

CGU investiga fraudes em compra de ônibus escolares

Fernanda Mathias / Campo Grande News

A (Controladoria Geral da União) vai investigar as fraudes na compra de ônibus escolares em municípios de todo o país entre os anos de 2000 e 2003, segundo noticiou hoje a Radiobrás. O ministro da Controladoria Geral da União, Jorge Hage, diz que o esquema de fraude é semelhante ao da compra superfaturada de ambulâncias com recursos de emendas parlamentares, investigado pela CPI dos Sanguessugas.

As irregularidades foram descobertas já em Mato Grosso e Rio Grande do Sul. “Estamos, agora, fazendo essa verificação para o país todo e nos convênios que foram celebrados entre os anos de 2000 e 2003", disse Hage. Atualmente os recursos para a compra de veículos de transporte escolar não são mais repassados aos municípios.

também foram detectadas fraudes no programa de inclusão digital do Ministério da Ciência e Tecnologia. O esquema funcionava por meio de Organizações Não-Governamentais (Ongs) que eram formadas com o objetivo de fraudar o programa. Segundo o ministro, em alguns casos, havia ligações com parlamentares. Segundo Hage as fraudes ocorrem por meio de quadrilhas que atuam no Brasil desde a década de 90. Por isso, a Controladoria também pretende investigar convênios assinados durante aquele período.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)