Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/05/2016 07:15

Cesta básica tem alta de 3,6% em abril, mostra pesquisa do Procon

Campo Grande News

A pesquisa mensal feita pelo Procon constatou alta de 3,6% no preço da cesta básica em Dourados, a 233 km de Campo Grande. A alta foi verificada em comparação à pesquisa feita no início de abril. Entretanto, o Procon não detalha quais produtos influenciam o aumento de preços.

Conforme o levantamento, feito hoje (4) nos dez principais supermercados da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, o valor médio da cesta formada por 28 itens de primeira necessidade apresentou variação de 35,7% entre o estabelecimento com o maior e o que tem o menor preço.

A cesta básica mais barata foi encontrada por R$ 109,73 no supermercado do shopping da cidade. Já a mais cara custa R$ 148,98 em uma hipermercado de rede nacional localizado na Avenida Marcelino Pires. Segundo o Procon, o resultado mostra que o consumidor pode economizar significativamente com base na pesquisa.

Alguns produtos apresentam pouca variação no preço de um estabelecimento para outro. Entretanto, outros apresentam variação considerável, como é o caso da dúzia de ovos, que tem diferença de preço de 56,71%, alho com diferença de 205,02%, cebola 79,69% e o feijão com diferença de 160,64%.

As fiscais do Procon de Dourados encontraram 12 produtos com diferença superior a 100% entre o estabelecimento que pratica o menor preço e o que vende o mesmo produto com maior valor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)