Cassilândia, Sábado, 26 de Maio de 2018

Últimas Notícias

20/06/2012 13:48

Cerrado recebe recursos de 8,5 milhões de euros.

Ministério do Meio Ambiente

Recursos doados pelo governo alemão serão destinados para prevenção e combate aos incêndios florestais e queimadas irregulares no Jalapão

A prevenção, o controle e o monitoramento das queimadas irregulares e de incêndios florestais no cerrado receberão um reforço de 8,5 milhões de euros. Os recursos foram doados pelo governo alemão para o projeto Cerrado Jalapão e serão gerenciados pela Caixa Econômica Federal, que executará a parte financeira do projeto, sob a coordenação do Ministério do Meio Ambiente.

A parceria foi assinada nesta terça-feira (19/06), no Rio de Janeiro, pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e pelo vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa, Fabio Ferreira Cleto. Desse total, 2,5 milhões de euros serão para cooperação técnica, por meio da agência de cooperação alemã GIZ, e outros 6 milhões para a cooperação financeira, por meio do banco alemão KfW.

CAPACITAÇÃO

Os recursos serão investidos no aprimoramento da gestão das unidades
de conservação que compõem a região do Jalapão, no Tocantins. Entre as
prioridades estão a prevenção e combate aos incêndios, a capacitação
dos agricultores locais para substituição do uso do fogo na
agricultura e manejo de pastagens, além da formação de brigadas de
combate aos incêndios.

Com esses recursos também serão desenvolvidos dois sistemas: o
primeiro será de monitoramento de áreas queimadas; o segundo,de
detecção do desmatamento em tempo real, similar ao que existe hoje
para a Amazônia (Deter). Eles serão desenvolvidos pelo Instituto
Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em parceria com o Instituto do
Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e
com o Instituto Chico Mendes (ICMBio).

O projeto foi aprovado na Iniciativa Internacional de Proteção ao
Clima 2011 do Ministério Federal do Meio Ambiente, da Proteção da
Natureza e da Segurança Nuclear da Alemanha (BMU). A efetivação se
dará sob a coordenação do Departamento de Políticas para o Combate ao
Desmatamento (DPCD/MMA).

QUEIMADAS
No bioma cerrado, o fogo é bastante disseminado para o manejo
agropecuário no meio rural. No meio urbano é usado \\\"ilegalmente\\\" para
limpar o terreno, queimar o lixo e aparas de jardim. Esse uso foi
responsável, no ano passado, pelo incêndio ocorrido no Jardim Botânico
de Brasília, que queimou mais de 70% da sua área.

\\\"Esses incêndios resultam em poluição do ar, emissões de gases de
efeito estufa, empobrecimento do solo, erosão, morte de animais
silvestres, redução da biodiversidade e de espécies da flora nativa\\\",
explica o diretor do Departamento de Políticas de Combate ao
Desmatamento do MMA, Francisco Oliveira. \\\"Os prejuízos são ainda mais
graves quando o incêndio ocorre nas unidades de conservação,
anualmente atingidas pelo fogo proveniente das propriedades vizinhas\\\".

O cerrado é o segundo maior bioma brasileiro, ocupando uma área de
mais de 2 milhões de hectares, aproximadamente 24% do território
nacional. A fauna possui cerca de 2,5 mil animais, entre os quais a
onça pintada, lobo guará, tamanduá-bandeira, tatu-canastra, veado
campeiro e a coruja buraqueira. Mais de 10 mil espécies vegetais já
foram identificadas por cientistas. Entre as mais conhecidas está o
ipê, angico, jatobá, paineira, canela de ema, buriti, ingá e
quaresmeira.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)