Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/06/2012 08:00

Cerrado pode ser solução para a agropecuária brasileira

Akemi Nitahara e Beatriz Arcoverde*, EBC

Brasília – A região do Cerrado pode ser a solução para o abastecimento de carne e grãos no Brasil, sem precisar derrubar uma única árvore em florestas virgens. Segundo maior bioma do país, o cerrado ocupa 24% do território nacional, em um total de 2 milhões de quilômetros quadrados (km²).

Pelo menos 48% desse território já foram desmatados, praticamente tudo nos últimos 50 anos. Entre 2002 e 2008, a área desmatada foi 14 mil quilômetros quadrados (km²) ao ano e caiu para 6,4 mil km² entre 2009 e 2010.

Em setembro de 2010, o bioma passou a receber maior atenção do governo, com o lançamento, pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), do Plano de Ação para Prevenção do Desmatamento e Controle das Queimadas no Cerrado, (PPCerrado). De acordo com o MMA, a lavoura e a pecuária são as principais atividades responsáveis por essa devastação - 54 milhões de hectares de cerrado deram lugar a pastagens e 22 milhões estão ocupados por plantações de grãos.

Para a professora da Universidade de Brasília Mercedes Bustamente, o problema é a grande extensão de pastagens degradadas, que precisam ser recuperadas. “São pastagens que ainda estão em uso, mas que têm baixa produtividade. Então, de que forma a gente pode recuperar a produtividade dessas áreas, seja para pastagem ou para outros usos agrícolas e, dessa forma, minimizar o impacto da abertura de novas áreas de cerrado? Porque isso tem um impacto não só sobre a questão climática, na capacidade de retenção de água, de uso de água, mas também sobre a biodiversidade, já que o cerrado é a savana mais rica, mais biodiversa do mundo”.

Uma resposta possível vem da Embrapa Arroz e Feijão. Na sede em Goiânia, o pesquisador João Kluthcouski ensina e incentiva os produtores a adotar a integração lavoura-pecuária para tornar essas áreas produtivas novamente. “Uma das alternativas é pegar essas áreas degradadas e fazer o consórcio de grãos com pasto, com gramíneas forrageiras tropicais - pode ser o arroz, que é a espécie mais adaptada, pode ser o milho, pode ser o sorgo, isso em pastos e solos degradados também”, explica.

O pesquisador da Embrapa Cerrados Lourival Vilela diz que um dos motivos que impedem a expansão rápida dessa técnica é a complexidade de administrar mais de um sistema produtivo. “Quando, por exemplo, um produtor de grãos sai de um sistema especializado e começa a introduzir outros elementos, como pecuária e floresta, dentro da propriedade, é evidente que o sistema começa a se tornar mais complexo. Isso exige não só investimentos, como também uma capacidade gerencial muito maior\".

De acordo com as pesquisas da Embrapa, esta é a solução mais viável economicamente a curto prazo. Para Kluthcouski, o recurso gerado pela colheita desses grãos é suficiente para pagar todos os insumos e serviços necessários à recuperação.

*A série Práticas Sustentáveis no Cerrado é vencedora do 1º Prêmio Pecuária Sustentável de Jornalismo – Categoria Rádio//Edição: Graça Adjuto


Agência Brasil

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)