Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/05/2008 18:45

Centro-Oeste: 100 mil trabalhadores ainda podem sacar

Do total de 1,085 milhão de abonos de um salário-mínimo (R$ 415), 978,54 mil já foram resgatados pelos beneficiários. Marca alcança 90,17% de cobertura. Tem direito ao benefício o trabalhador que recebeu, em média, até dois salários-mínimos em 2006


Brasília, 14/05/2008 - Pouco mais 100 mil trabalhadores da Região Centro-Oeste ainda não sacaram o abono salarial do ano-base 2006. Dados da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do Ministério do Trabalho mostram que até 02 de maio, 978.547 beneficiados já tinham resgatado o abono de um salário-mínimo (R$ 415) nas agências da Caixa e do Banco do Brasil, representando 90,17% do total de 1.085.214 abonos identificados na região.

O pagamento começou em julho de 2007, faltando pouco menos de 2 meses para o encerramento em 30 de junho. Considerando todo o país, dos 14,18 milhões de pessoas que têm direito ao abono, 94,67% já fizeram o resgate. O Ministério do Trabalho e Emprego acredita que 97% dos trabalhadores sacarão os valores a que têm direito até o final do prazo superando a média dos últimos quatro anos, cuja taxa de cobertura variou entre de 94% a 95% .

Goiás com 94,14% de cobertura está em 1º lugar, na região, em número de saques efetuados. O Distrito Federal com com 82,87% vem a seguir. Por último vêm os estados de Mato Grosso do Sul com (92,2%) e Mato Grosso com (88,48%) de taxa de cobertura.

O abono salarial do PIS/PASEP é devido ao trabalhador ou servidor que recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais no ano-base, cadastrados no PIS/Pasep desde 2002 e que tenham trabalhado, pelo menos, 30 dias em 2006.

Os beneficiários do abono são identificados pela RAIS, declarada anualmente pelas empresas/órgãos públicos. Por isso, é importante que o trabalhador/servidor mantenha seu endereço atualizado junto a empresa/órgão em que trabalha para que seus dados sejam incluídos na declaração da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), enviada anualmente ao MTE.

Assessoria de Imprensa do MTE

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)